Se pensava que estar no meio da natureza é apenas sinónimo de ar puro e de ter contacto com uma maior diversidade de fauna e flora, está enganado. É também uma forma de afastar o impacto que a COVID-19 causou na nossa saúde mental. A conclusão é de um estudo lançado no ano passado na revista científica "Ecological Applications", que indicava que "ter a natureza por perto pode servir como um amortecedor para diminuir os efeitos adversos de um evento muito stressante para os humanos" e ainda elevar a auto-estima.

Já pode "respirar a natureza na sua plenitude" no novo alojamento de Catarina Gouveia em Tróia
Já pode "respirar a natureza na sua plenitude" no novo alojamento de Catarina Gouveia em Tróia
Ver artigo

Desde que o estudo foi lançado já tivemos uma segunda dose de confinamento, por isso, a conexão com a natureza carece também de dose extra. E porque não em vez de duplicar a dose, multiplicar por sete esse contacto? Trazemos-lhe sugestões, algumas bem recentes e pouco exploradas.

Se tudo aquilo de que precisa é de alguns momentos longe de ecrãs e apenas de ler um bom livro, A Padaria Farmhouse, em Cinfães, distrito de Viseu é o sítio ideal. Ou então, poderá experimentar a Terra do Sempre, na serra de Grândola, onde o silêncio do Alentejo se mistura com as aventuras de Alice, Peter Pan e Tom Sawyer dentro dos quartos.

Pronto para descobrir a terra dos segredos, Portugal?

1. Epico’s House, Viana do Castelo

Epico’s House
Epico’s House créditos: instagram

Na Epico’s House, em Nogueira, Viana do Castelo, a ideia é que se sinta como em casa, razão pela qual o mote "a sua casa longe de casa" nos dá as boas-vindas a uma estadia que já nos é familiar ainda antes de ser vivenciada. Como em qualquer casa, onde cabem dois ou três, cabem também os animais de estimação que podem ir consigo de férias para este refúgio.

Chamamos-lhe refúgio porque, tal como indicam os proprietários minhotos no site do alojamento, este é um local "para uma experiência de tranquilidade absoluta no coração da natureza", por onde andam também burros e cabras. Enquanto nas noites frias se acende uma fogueira gregoriana, em tempo de primavera o ar fresco entra janelas adentro.

Por falar no interior, pode contar com cozinha totalmente equipada (até máquina de lavar loiça e roupa) e uma sala de estar. Contudo, os assados fazem-se e degustam-se no exterior, equipado com barbecue, zona onde também pode tomar um banho em chuveiro com água quente.

A casa tem capacidade máxima até nove pessoas (ideal para uma família). O valor da estadia começa nos 180€ por noite em casa para quatro pessoas. As casas ainda não estão disponíveis, mas pode já fazer reserva.

Localização: Nogueira, Viana Do Castelo
Reservas: epicoshouse@gmail.com

2. Quinta Da Rabaçosa, Castro Daire

Quinta da Rabaçosa
créditos: booking

O verdadeiro conceito de turismo rural e de natureza faz parte da identidade da Quinta Da Rabaçosa, no concelho de Castro Daire, distrito de Viseu. Começando pela razão que o trouxe aqui, a natureza, esta está presente em qualquer lado para onde se vire: da janela do quarto vê o rio Paiva e em redor da piscina poderá desfrutar da densa vegetação da quinta que entra em harmonia com o som das águas do rio Paiva.

Este ambiente também está presente dentro dos quartos, que mantêm os traços tradicionais da região norte, com revestimento de madeira e decoração rústica.

Uma noite para duas pessoas custa a partir de 70€, com pequeno-almoço incluído.

Localização: Quinta da Rabaçosa, 3600-430 Mões
Reservas: 937 593 365 ou info@quintadarabacosa.pt

3. A Padaria Farmhouse, Cinfães

A Padaria
créditos: divulgação

A Padaria não é uma real padaria, mas deste forno saem momentos de contacto com natureza. "O conceito da casa é sobre a simplicidade. Não temos televisão, temos apenas livros, aparelhagens de música e jogos de desenvolvimento pessoal. A ideia é aproximar as pessoas da natureza e do silêncio", descreve à MAGG Maria Montenegro, de 28 anos, formada em Gestão de Empresas Turísticas.

Maria é uma das responsáveis por esta casa antiga de família em Cinfães, distrito de Viseu, que foi recuperada, ganhando e proporcionando uma nova vida a quem por aqui passa. É que não é preciso muito para sair d'A Padaria — aberta desde abril do ano passado — rejuvenescido. Não há piscina para ir a mergulhos, mas é impossível não ficar mergulhado na vista para o bosque inserido no Douro Verde, bem como para o rio Douro que se avista do quarto enquanto desfruta do pequeno-almoço com produtos regionais — desde as compotas, o mel e os ovos até à fruta sazonal da propriedade.

Algumas das iguarias locais também podem ser degustadas no piquenique (25€ para duas pessoas), que inclui broa de milho caseira, pataniscas, enchidos da região e um vinho verde produzido na propriedade para regar a refeição ao ar livre.

Uma noite para duas pessoas varia entre os 80€ e os 100€.

Localização: Rua de São Cristóvão de Nogueira, 4690-582 Cinfães
Reservas: apadariafarmhouse@gmail.com ou 917313023

4. Espírito Cabana, Tinalhas

Espírito Cabana
Espírito Cabana créditos: facebook

Neste lugar a natureza é levada de fora para dentro. O Espírito Cabana, em Tinalhas, Castelo Branco, caracteriza-se por uma mistura entre o rural e o moderno, desde logo no quarto decorado com os cactos da moda em porcelana, mas também não faltam plantas, flores e ramos que se assemelham a uma floresta verdadeira. Tudo isto combina com uma colcha antiga como apontamento do rústico num alojamento típico de turismo rural.

No exterior, os destaques vão para a vista ao nascer e ao pôr-do-sol, para a cama em suspenso numa árvore e, especialmente, para a piscina junto da qual fica uma pedra que nos transporta para um oásis bem longe de Portugal.

Uma noite para duas pessoas custa a partir de 90€, com pequeno-almoço incluído.

Localização: Vale de Buzio, Estrada Nacional km 352, 6000-740 Tinalhas
Reservas: 966 204 012 ou contact@lespritcabane.com

5. Quinta M, Casével

Quinta M
créditos: instagram

A menos de uma hora de Lisboa, fica esta quinta ribatejana cheia de yurts. Não sabe o que significam? Nós explicamos. São tendas circulares que remetem para o modo de vida nómada que dominou entre os povos da Ásia Central durante séculos. Às tendas poucos confortáveis da época, a Quinta M deu um toque contemporâneo que nos permite desfrutar de uma estadia única em estreito contacto com a natureza.

Depois de tomar um pequeno-almoço com vista para os jardins e carvalhos da quinta, poderá dar um mergulho na piscina ou fazer uma aula de equitação com um dos cavalos lusitanos — uma das experiências que pode usufruir na Quinta M.

Uma noite para duas pessoas custa a partir de 180€, com pequeno-almoço incluído.

Localização: Casal da Avó Varzea de Baixo, 2000-451 Casével, Santarém
Reservas: 243 448 206 ou contact@quinta-m.com

6. Terra do Sempre, Grândola

Quarto Tom Sawyer na Terra do Sempre
Quarto Tom Sawyer na Terra do Sempre

Na Terra do Sempre, o imaginário é o ponto forte, contudo, não inclui a natureza. Essa é bem real e está por toda a parte: desde as cabanas de madeira ou o glamping de onde se contempla toda a natureza do Alentejo, até aos animais da quinta da Gertrudes, como o burro Gil, que podem ser visitados.

Além de uma viagem pela natureza, aqui os hóspedes são também convidados a viajar pela ficção através do nome de cada quarto que encanta, em especial, as crianças. Pode escolher dormir na “Alice”, no “Peter Pan”, no “E Viveram Felizes para Sempre”, no “Romeu e Julieta” ou nas “Mil e uma Noites”. Já nos conceitos que ligam conforto e natureza, pode optar por uma de duas cabanas de madeira, em cima de estacas — o “Robin Hood” e o “Tom Sawyer" —, ou um dos espaços de glamping: "Tarzan e Jane" ou "Hakuna Matata".

Já sabe onde ir para os "seus problemas esquecer", certo?

Uma noite para duas pessoas custa a partir de 95€.

Localização: Monte Vale Favorim CCI 3142, 7570-336 Grândola
Reservas: terradosempre.grandola@gmail.com ou 934 114 619

7. Aldeia da Cuada, Açores

Aldeia da Cuada
créditos: instagram

Uma lista dedicada a turismo de natureza não podia terminar sem uma sugestão de alojamento nos Açores. Mais propriamente na ilha das Flores, a Aldeia da Cuada oferece, principalmente, paisagens. Ora os relevos vulcânicos, ora a vegetação e os prados das pastagens, ora o azul do Oceano Atlântico que banha este alojamento de turismo rural. É caso para dizer "é aqui o paraíso", como referem os proprietários ao apresentar o alojamento.

A Aldeia tem várias casas com tipologias desde o T1 ao T6 e uma mesa de pequeno-almoço com produtos da região composto por variadas iguarias, como queijo da Ilha, geleias e compotas caseiras, ovos mexidos e, claro, bolo caseiro.

Uma noite em casa T1 (até três pessoas) custa a partir de 75€. Pequeno-almoço não incluído.

Localização: Faja Grande, 9960-070 Lajes das Flores
Reservas: 292 552 127 ou info@aldeiadacuada.com

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.