Bom e barato é uma frase bastante corriqueira, mas que nunca fez tanto sentido. Continuamos a querer viajar, principalmente com o objetivo de conhecer cada canto de Portugal que andou esquecido, mas ao mesmo tempo andamos comedidos com as despesas. Ficar num hostel acaba muitas vezes por ser a opção mais barata, o que nem sempre é sinónimo de "deixar a desejar".

5 casas de férias incríveis que mais parecem hotéis
5 casas de férias incríveis que mais parecem hotéis
Ver artigo

Isto porque muitos deles parecem verdadeiros hotéis, quer na sua estrutura, alterando apenas o funcionamento das camas e da mesa alinhado com um conceito de partilha, quer no conforto da decoração. Do Porto até Lisboa, passando por destinos com praia mesmo à porta, conheça estes alojamentos que não nasceram para ser hotéis, mas bem que podiam.

1. Hi!GO Hostel & Suites, Vila Nova de Famalicão

Começamos bem lá em cima para falar deste hostel no centro de Vila Real. O Hi!GO Hostel & Suites é alugado por um superhost — uma classificação definida pela Airbnb para anfitriões experientes que dão o exemplo e garantem experiências extraordinárias aos seus hóspedes — que descreve o espaço como "central, relaxante e descontraído".

Seja qual for o propósito que o leve até aqui, certo é que vai encontrar um espaço moderno, ideal para uns dias pacatos longe da confusão das cidades. A decoração junta o vintage ao moderno e confere uma personalidade própria ao alojamento.

Uma noite para uma pessoa em agosto custa a partir de 53€, já com taxas de serviço incluídas.

2. The Passenger Hostel, Porto

Quer seja para uma visita passageira ou não, este hostel é indicado para quem quer relaxar num ambiente moderno e que ao mesmo tempo que conta histórias: as de quem por aqui passou e deixou os tetos ornamentados e o piano na sala de estar comum, mas também de quem passa pela icónica Estação Ferroviária de São Bento, na qual o The Passenger Hostel está inserido.

Esta é uma das particularidades mais interessantes do alojamento, mas espaços como a biblioteca, o jardim interior, a Torre do Relógio, a cozinha totalmente equipada e a sala de refeições onde é servido o pequeno-almoço não ficam atrás.

Uma noite num quarto twin com casa de banho partida no The Passenger Hostel custa a partir de 69€ em agosto, com pequeno-almoço incluído, para duas pessoas.

3. Selina Porto

Se falamos de hostels e do Porto, não há como não falar do Selina Porto. O grupo que começou por se instalar em Venao, uma cidade de surfe perto de Pedasí (Panamá), em 2014, já se espalhou por todo o mundo — desde o Brasil até ao Equador, incluindo várias cidades portuguesas. Uma delas é o Porto, cujo hostel com uma decoração moderna e confortável, fica próximo da tudo o que se quer conhecer a cidade do Porto.

Férias em silêncio. Já pode fazer glamping no Selina Gerês e adormecer ao som da natureza
Férias em silêncio. Já pode fazer glamping no Selina Gerês e adormecer ao som da natureza
Ver artigo

Se andar 500 metros depara-se com a Igreja dos Clérigos, 800 metros e tem o Mercado do Bolhão, e bastam cinco minutos a partir do hostel para chegar à Livraria Lello.

Com tudo aqui ao lado, pode começar a explorar logo cedo depois de recarregar energias nos quartos com tipologias desde o standard, passando pelo twin, até aos partilhados. Uma noite para duas pessoas em agosto custa a partir de 74€, com pequeno-almoço incluído.

4. Casa da Aldeia da Lapa B&B, Viseu

A 50 quilómetros de Viseu fica esta casa na aldeia da Lapa, concelho de Sernancelhe, que convida a passeios pelas serras da Lapa, a mesas fartas com a gastronomia da região e ainda a atividades para refrescar no Rio Vouga, como canoagem, rafting, ou até paintball.

Casa da Aldeia da Lapa tem nove quartos com uma decoração que mistura o vintage e detalhes cheios de cores, sendo que seis deles têm casa de banho privativa e outros três têm casa de banho partilhada. Há ainda uma cozinha totalmente equipada para preparar um bom reforço antes de ir visitar as serras e aventurar-se rio abaixo.

Uma noite para duas pessoas custa a partir de 45€ por noite, em agosto, já com taxas incluídas.

5. Feira Hostel & Suites, Aveiro

Continuando a descer no mapa, chegámos a Aveiro para conhecer o Feira Hostel & Suites. Também é um alojamento da plataforma Airbnb alugado por um superhost e cada detalhe faz desde sítio um lugar especial. Começa logo pelo facto de ser uma casa centenária, até ao pormenor de quando foi feita a reabilitação atenta ao ambiente. Isso reflete-se não só nos beliches de madeira, como no facto de haver um jardim e horta biológica aqui inserida.

A localização está pontuada com cinco estrelas na plataforma, uma vez que o Feira Hostel & Suites fica no centro histórico da cidade. Uma noite para duas pessoas custa a partir de 35€, já com taxas de serviço incluídas.

6. Draper Startup House for Entrepreneurs, Lisboa

Este não é um tipo de alojamento a pensar em férias, mas sim em negócios. O Draper Startup House for Entrepreneurs, em Lisboa, disponível na Airbnb é um hostel destinado a empreendedores, razão pela qual por todo o lado há secretárias, tomadas e candeiros de mesa, mesmo a pedir um último mail já ao fim do dia.

É caso para dizer (estranhamente) que aqui até apetece trabalhar e deixar o descanso de lado. No entanto, as camas existem dentro dos quartos com decoração minimalista e são para usar quando o cérebro já não aguentar mais um relatório. A Draper Startup House for Entrepreneurs já está em mais de sete países, desde Bali, na Indonésia, até Rangun, na Birmânia, e Portugal não ficou de fora desta comunidade de trabalho.

Uma noite para uma pessoa (se não quiser arrastar ninguém consigo para o trabalho) custa a partir de 42€, com taxas incluídas.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.