"Ilha das Garças". Assim se chama esta ilha na pequena aldeia piscatória do Escaroupim, em Salvaterra de Magos, distrito de Santarém. Esta parte do Tejo não tem apenas a Ilha das Garças, mas foi esta que nos chamou à atenção quando estávamos prestes a largar o scroll nas redes sociais para uma boa noite de sono. Contudo, mal vimos a fotografia de Manuel Maymone Madeira, 24 anos, quisemos saber mais.

"Trata-se de uma ilha situada no rio Tejo que reúne as condições perfeitas para uma espécie de aves denominada garças. Espécie esta que dá o nome à ilha. Os pequenos pontos brancos na fotografia são as aves e como se pode verificar são imensas", disse prontamente Manuel à MAGG através do Instagram 3MPhotoArt.

O engenheiro mecânico de profissão tem como passatempo fotografar e levou a imagem para um outro patamar há muito pouco tempo. "Comecei há cerca de um mês a tirar fotografias com um drone e criei esta página para partilhar algumas filmagens e fotografias", contou mais tarde à MAGG. Contudo, Manuel Maymone Madeira quer levar o projeto mais longe, principalmente a nível pessoal.

"Agora a tendência será ir publicando cada vez mais fotografias e melhorar a edição das mesmas para ficar cada vez mais profissional", diz. A página 3MPhotoArt conta até agora com três fotografias — da Ponte Rainha Dona Amélia, uma antiga ponte ferroviária portuguesa que liga os concelhos ribatejanos do Cartaxo e de Salvaterra de Magos, da Barragem de Magos e a tal da Ilha das Garças, no Escaroupim.

A Ilha das Garças não é novidade para Manuel que, por ser da zona, já conhecia. "Essa ilha fica em frente à aldeia do Escaroupim, no concelho de Salvaterra de Magos. Eu também pertenço a esse concelho, vivo aí. Dá para ver a ilha a partir de um cais onde estão alguns barcos ancorados, embora não tenha noção da sua dimensão e geometria", diz Manuel.

E não é que pode mesmo visitar esta ilha e até a Ilha dos Cavalos, Ilhas dos Amores, Ilha da Palhota, Ilha das Cabras, Mouchão dos Caracóis, Mouchão da Casa Branca, entre tantas outras, a bordo de um barco moderno e amigo do ambiente (com zero emissões de monóxido de carbono)?

A empresa "Rio-a-Dentro" promove passeios de barco no rio Tejo que passam por todas estas ilhas. "Todas as ilhas são diferentes, todas são únicas, todas são um mundo à parte", diz a empresa no site. Quase adivinhando o que nos trouxe até a estes passeios, a empresa acrescenta ainda: "Há mesmo uma ilha que tem só aves. São centenas e centenas de aves das mais diversas espécies que por lá pernoitam. Na altura da nidificação são milhares de Garças que lá fazem ninho. Algo verdadeiramente fantástico".

Já a pensar no Natal, a "Rio-a-Dentro" criou mesmo vouchers para oferecer um passeio no Tejo como presente.

Os “Passeios de Natureza Rio-a-Dentro” custam 25€ por pessoa (15€ entre os 6 e 10 anos) e duram 2h30.

“Passeios de Natureza Rio-a-Dentro”

Contacto: 91 58 80 518
E-mail: rio.a.dentro1@gmail.com
Validade do voucher: um ano, a partir da data de aquisição.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.