Há mais de 100 anos, dar a volta ao mundo já era um sonho que acabou por ser realizado, pelo menos em palavras, por Júlio Verne. O clássico romance "A Volta ao Mundo em 80 Dias" mantém-se tão atual que até impulsionou uma viagem que transforma a ficção em realidade. Não precisa de fazer apostas tal como Phileas Fogg, o protagonista da história, porque está garantida a passagem por 80 países num tour que será lançado em 2023 — quando a obra de Verne faz 150 anos.

A diferença da viagem de outros tempos para a nova tour privada é que em vez de comboios a vapor ou elefantes, a volta ao mundo será feita ora a bordo de o comboios modernos, ora de barco. Já o percurso, começa precisamente no mesmo ponto da narrativa de Júlio Verne — Londres — no entanto, ainda não se sabe se será na mesma data, a 21 de dezembro (o que seria um suplício para os aventureiros que além de terem de esperar até 2023, têm de aguardar pelo fim desse ano).

Isto é um convite: entre a bordo e descubra Portugal e as suas paisagens de comboio
Isto é um convite: entre a bordo e descubra Portugal e as suas paisagens de comboio
Ver artigo

A viagem, organizada pela empresa Undiscovered Destinations, está dividida em três partes. 

Depois de Londres, os viajantes seguem para Paris num comboio Eurostar e depois para Zurique também de comboio. Só aqui já vão três países. O ponto seguinte é Viena, na Áustria, depois Ucrânia, Rússia e só depois é que os aventureiros passam fronteiras europeias e pisam o primeiro território na Ásia Central: Cazaquistão, altura em que um quarto da viagem estará completa. A viagem segue pela China e pelas lendárias cidades da Rota da Seda, como Samarcanda e Bucara, e após conhecer essas cidades, os viajantes aproximam-se cada vez mais da metade e segunda parte do percurso.

Com partida em Xiamen, na costa sudeste da China, ao 36.º dia começa uma viagem de 16 dias pelo Oceano Pacífico com destino à costa oeste da América do Norte, mais precisamente à cidade de Los Angeles, momento que acontece ao 50.º dia. O percurso continua com paragens em São Francisco, Seattle, Toronto e Halifax, no Canadá.

É aqui que tem lugar a viagem de regresso ao Reino Unido (que marca a terceira parte da tour), a bordo do transatlântico Queen Mary II, que vai andar a navegar sete noites até chegar ao destino, Liverpool — e cuja atracagem será feita ao 80.º dia, colocando fim à aventura.

Durante todo o percurso, estão previstas paragens de várias horas ou dias para os viajantes conhecerem as cidades dos 12 países, onde poderão registar na memória e na galeria do telemóvel (mais um benefício dos tempos modernos) toda a experiência.

Os preços da volta ao mundo em 80 dias já são conhecidos e começam nos 17.950 libras (cerca de 20.752 euros) por pessoa. Já pode fazer a pré-reserva diretamente no site.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.