Teresa Sá Matos e a família sempre gostaram de viajar sem destino marcado e à descoberta. Já conheceram vários dos sítios mais remotos e autênticos da Europa, gostam de estar afastados das grandes cidades e de ver o melhor de cada local por onde passam.

Foi com esse objetivo que surgiu a Portugal EasyCamp, uma nova forma de viajar pelo País e promover o turismo sustentável. "O que gostamos é de poder dar a conhecer todos esses locais tranquilos e autênticos do nosso País a quem vem de fora e mesmo aos portugueses", revela Teresa à MAGG acrescentando que a ideia é também promover o contacto com as tradições e ajudar os produtores locais.

Depois de muito pensarem sobre o projeto, Teresa e o marido decidiram avançar com o objetivo de dar aos autocaravanistas a possibilidade de permanecerem em diversas quintas do País durante 24h. Aqui, não se paga a estadia, mas uma quantidade de produtos que cada quinta tem à venda no site da Portugal EasyCamp a partir de 10€.

"Começámos a perceber que no nosso País havia uma grande falha de locais onde as pessoas pudessem estar na sua autocaravana. Nesse sentido, em vez de se criar um parque, porque não darmos um valor acrescentado ao mundo do autocaravanismo e proporcionar estes locais fantásticos e exclusivos em que, até agora, era impossível ficar", diz Teresa. Em troca de uma noite e de um local seguro, os viajantes ficam a conhecer a história de cada quinta, provam os produtos e usufruem de todos os serviços disponíveis.

O projeto começou há um ano, com 20 quintas, sendo grande parte delas localizadas no Alentejo. Hoje, a Portugal EasyCamp percorre o país de norte a sul e o objetivo é chegar também à Madeira e aos Açores.

A pandemia afastou os clientes estrangeiros — que, anualmente, escolhem Portugal para passar vários meses, segundo Teresa, a faixa etária entre os 60 e os 70 é a mais apreciadora da estadia em autocaravana — mas deu um valor acrescentado a este tipo de turismo. Não há forma mais segura de viajar neste momento do que dentro da sua própria casa, sem contacto com grandes multidões. "Estar numa quinta é estarmos nós e os produtores. Não há muito mais gente. São locais exclusivos, longe de multidões e onde podemos estar seguros", afirma a responsável pelo projeto realçando as mais valias deste tipo de serviço.

E o melhor é que, para quem não tem autocaravana, existe sempre a possibilidade de alugar uma, também através da Portugal EasyCamp. No site, pode ainda encontrar algumas "escapadelas" pré-definidas com um preço já estipulado a partir de 263€. Esta opção incluiu o aluguer de autocaravana (216€) e um pack de produtos das quintas visitadas.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.