Foram precisos quatro anos, com uma pandemia pelo meio, para o Valverde Santar Hotel & Spa abrir portas. O projeto, que partiu de uma vontade de potenciar a hotelaria de luxo na vila de Santar, no concelho de Nelas, Viseu, foi muito antecipado por tudo e todos, principalmente pelos habitantes da região — famosa pelas suas mansões centenárias e pelos belíssimos jardins —, que cresceram com esta casa no coração da vila.

Agora transformada em boutique hotel e membro da associação internacional de hotelaria de luxo Relais & Châteux desde novembro de 2023 — distinção que conseguiu pouco depois da abertura, em agosto do ano passado —, esta unidade hoteleira nasce na Casa das Fidalgas, um solar do século XVII que pertencia a Miguel de Bragança, duque de Viseu (irmão mais novo de Duarte Pio, duque de Bragança, e quarto na linha de sucessão ao trono, caso Portugal fosse uma monarquia).

"Fizemos do hotel Valverde casa". Quanto custa ficar no novo paraíso de Cristina Ferreira?
"Fizemos do hotel Valverde casa". Quanto custa ficar no novo paraíso de Cristina Ferreira?
Ver artigo

A propriedade, que chegou à Casa Real Portuguesa em 1975, foi o lar do duque de Viseu durante 40 anos, que a cedeu ao projeto Santar Vila Jardim, para então albergar o hotel de luxo. E o esforço para manter a traça original e o espírito da Casa das Fidalgas foi levado ao extremo, principalmente para os habitantes de Santar não se sentirem defraudados.

Valverde Santar Hotel & Spa

"Muito do que aqui está fazia parte da casa original. Os livros na sala do pequeno-almoço, os pratos decorativos, os quadros, a decoração", revela Adélia Carvalho, Chief Operating Officer do Grupo Valverde Living, à MAGG.

"Quem viveu e conheceu a casa, hoje entra e reconhece o espaço. Claro que foi alvo de uma ampla renovação, mas os elementos foram todos recuperados. Foi um trabalho exaustivo do José Pedro Vieira, da Bastir, que teve um cuidado individual com cada peça, quadros, molduras, tudo. Mesmo na zona onde se concentram a maioria dos quartos, que era a parte da casa mais gasta e que necessitou de maior intervenção, tentámos mesmo que não se note a diferença na época de construção e não existiram grandes transformações de raiz. É também por isso que os quartos são todos diferentes, porque mantivemos o layout original", acrescenta Adélia Carvalho.

Valverde Santar Hotel & Spa

Para a COO do grupo, "a ideia era preservar ao máximo as memórias do local". "Especialmente aqui, queríamos que o projeto do hotel fosse bem aceite junto da população, queríamos manter aquilo que é deles. A população e o carinho que têm pela Casa das Fidalgas também fazem a diferença no projeto Santar", diz.

E é a sensação de que estamos em casa — vá, se vivêssemos num solar com piscinas deslumbrantes e um chef pronto a satisfazer todos os nossos pedidos — que temos mal colocamos um pé dentro do novo Valverde Santar Hotel & Spa. "É a nossa missão enquanto grupo proporcionar esse tipo de hotelaria em que a pessoa se sente acolhida, é algo que também fazemos nas outras unidades. Queremos que esse sentimento de estar em casa seja transmitido, especialmente pela qualidade do serviço", assinala Adélia Carvalho.

A MAGG foi conhecer o Valverde Santar Hotel & Spa e conta-lhe três motivos que são razão mais do que suficiente para este boutique hotel ter entrado diretamente para o nosso top de preferências.

1. É a casa que todos queremos

A máxima de "casa fora de casa" não é nova, mas conseguir encontrar isso a 100% é mais difícil. No entanto, não há outra forma de descrever o que sentimos no Valverde Santar Hotel & Spa que não justamente isso. Os quartos decorados de forma elegante e clássica, mas também acolhedores, com cores suaves utilizadas nos têxteis, são o primeiro passo para essa sensação.

Ajuda também o facto de cada um dos 21 quartos (divididos em três edifícios e três tipologias, incluindo suites) serem todos diferentes, devido ao esforço em manter a traça original do edifício, contribuindo para a sensação de individualidade e que, de facto, aquele podia mesmo ser o nosso quarto lá de casa — e ainda não ultrapassámos a beleza da casa de banho que nos calhou, que consegue um aproveitamento exímio de espaço com duas cabines (duche e sanita), sem deixar de lado os espelhos para não falhar nada na maquilhagem e ainda dar mais profundidade ao quarto.

Valverde Santar Hotel & Spa

Outro dos elementos que contribui para a sensação de casa é a sala do pequeno-almoço, com várias estantes recheadas dos livros originais da casa e uma ampla mesa única onde os hóspedes podem partilhar a primeira refeição do dia, que também pode ser usufruída no terraço. E sim, este espaço é outro que nos levou o coração, onde pode aproveitar a luz da manhã enquanto desfruta de uns ovos feitos no momento.

Valverde Santar
créditos: photography bbarbosa lda

Com vários espaços comuns por todo o hotel onde pode conversar ou ler um bom livro, há outro motivo para visitar o Valverde Santar Hotel & Spa em fevereiro: é também numa destas salas que pode aproveitar o Chá dos Namorados, que inclui chá e infusões, chá gelado Valverde, cappuccino, scones com compotas caseiras, manteiga e creme fraîche, e seleção de finger sandwiches e doces.

Estas opções estão disponíveis entre 14 e 18 de fevereiro, das 16h30 e 18 horas, e têm o valor de 16,50€ por pessoa. Pode ainda acrescentar um flute de champanhe Mumm Cordon Rouge Brut, sendo que o valor sobe para 30€ nesta vertente.

2. A comida

A contrastar com a fachada mais clássica do hotel, o restaurante Memórias aposta no design moderno, mas os sabores também vão buscar a sensação de conforto, com um twist. "Queremos criar experiências que se tornem memórias", explica à MAGG o chef Luís Almeida, que está aos comandos da oferta gastronómica do Valverde Santar Hotel & Spa.

Formado nas escolas de hotelaria e turismo de Coimbra e do Estoril, e com uma carreira que já passou pelo Sheraton Lisboa, o restaurante 100 Maneiras e também pelo hotel Quinta das Lágrimas, em Coimbra, o chef aposta nos produtos e na alma da região para criar uma carta com comida de conforto, mas técnicas modernas, sabor e inovação.

"Fui buscar inspiração aos produtos da região, à cozinha de raízes, a tudo aquilo que nos traz memórias. Fazemos muita coisa com produtos mesmo de Santar, muitos chegam diretamente da nossa horta", acrescenta Luís Almeida, que não tem grandes dúvidas quanto a um dos pratos mais pedidos do espaço.

Valverde Santar Hotel & Spa

"É claramente o cabrito com arroz de forno [26€], algo muito típico aqui da região, onde a mistura de arroz é cozinhada no forno, leva os miúdos do cabrito também, e é finalizado com a carne já feita por cima. Tem uma saída mesmo muito boa", salienta o chef sobre o prato que se mantém na carta desde a abertura do restaurante, em agosto, duas semanas antes da inauguração do hotel.

Da carta do Memórias fazem também parte propostas como carabineiro, mexilhão e salicórnia (19,50€), ravioli de cogumelos silvestres e trufa (14€), pastel de Santar (13€), polvo no carvão (28€), lombinho de vitela e molho queijo da Serra (27,50€) — outro dos pratos mais pedidos do restaurante —, cozido à portuguesa (24€) e rabanada de brioche artesanal (7,50€), entre várias outras opções.

"Vamos ter sempre pratos de conforto, mas também outros mais arrojados", diz Luís Almeida, que não deixa de lado a criação de um menu degustação num futuro próximo.

Chef Luís Almeida

Para além de ser um ótimo complemento à estadia no hotel, Adélia Carvalho realça que o Memórias "é o elemento mais forte para a vila". "Somos um hotel virado para fora, para que também quem não está aqui hospedado possa usufruir do espaço, e o restaurante é realmente o ponto mais acessível para a população", completa a COO do grupo.

O restaurante Memórias está aberto diariamente entre as 12 e as 15 horas, e novamente entre as 19 e as 22 horas. As reservas devem ser efetuadas para o 232 394 806.

3. A enorme piscina interior

Piscinas interiores há muitas, mas é difícil arranjar uma com dimensões tão generosas como a do spa do Valverde Santar. Localizada na antiga adega da propriedade, este é o edifício onde agora funciona o spa com produtos Vinoble Cosmetics, uma marca austríaca de luxo sustentável para cuidados da pele, feita com ingredientes naturais, "que oferece uma seleção de tratamentos faciais e corporais, massagens curativas e tratamentos especiais", adiantam no site.

Valverde Santar Hotel & Spa

Permite umas generosas braçadas na água (aquecida), sendo que pode repor as energias nas vária espreguiçadeiras confortáveis (e sim, são bastantes e espaçadas entre si) ou com um dos muitos tratamentos do spa, entre massagens, tratamentos de rosto ou circuitos de bem-estar.

O spa conta ainda com sauna, banho turco, fonte de gelo, duche sensoriais e sala de relaxamento com luz natural.

Já no exterior, o hotel tem uma instagramável piscina, também de água aquecida, que vai fazer com que possa refrescar-se do calor abrasador de Santar nas estações mais quentes. E não se esqueça de pedir um copo de vinho da região para acompanhar o momento de relaxamento.

Valverde Santar Hotel & Spa

Em fevereiro, os preços por noite no Valverde Santar Hotel & Spa começam nos 200€, na tipologia quarto clássico.

Espreite a fotogaleria para conhecer o hotel

Valverde Santar Hotel & Spa

Localização: Casa das Fidalgas – Avª, Av. Viscondessa de Taveiro, 3520-147 Santar
Contactos: (+351) 232 394 800

* A MAGG visitou o Valverde Santar Hotel & Spa a convite do hotel

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.