Para celebrar o 20.º aniversário, a eDreams, agência de viagens online com presença em 33 países, decidiu desenvolver um estudo onde pergunta aos portugueses como preveem que seja viajar daqui a 20 anos. O resultado? Metade dos inquiridos acredita que daqui a duas décadas será possível viajar para o espaço.

Além da viagem espacial, há portugueses a pensar que o teletransporte será uma realidade e ainda quem diga que vamos poder escolher a meteorologia que mais se adequar às nossas viagens. Os inquiridos da eDreams, a nível global, também acreditam que as viagens ao espaço são a realidade mais provável de acontecer nos próximos 20 anos.

E como cada vez mais o tempo é um fator importante na escolha do meio de transporte, há portugueses que acreditam que o futuro vai passar pela existência de viagens em aparelhos supersónicos ultrarrápidos. Quanto às restantes ideias, os mais sonhadores acreditam em viagens de hyperloop, uma nova forma de transporte a alta velocidade que utilizará um sistema de tubos sobre as cidades — talvez um pouco difícil de acontecer em termos logísticos —, e até há quem pense ser mesmo possível conseguirmos viajar no tempo.

No entanto, um terço dos portugueses afirma não acreditar que estas hipóteses serão concretizáveis — ou, pelo menos, não nos próximos 20 anos.

Lisboa eleita a cidade ideal para foodies. E estes são os pratos portugueses destacados
Lisboa eleita a cidade ideal para foodies. E estes são os pratos portugueses destacados
Ver artigo

Quanto aos gastos com as viagens, quase metade dos inquiridos considera que viajar será mais barato daqui a 20 anos, talvez devido aos desenvolvimentos tecnológicos, que irão democratizar os preços.

Quanto às viagens de avião, a eDreams quis saber que melhorias é que os portugueses gostariam de ver dentro de 20 anos, e a resposta foi certeira: o que mais querem é acesso a wifi e serviços de streaming gratuitos a bordo — afinal de contas, ninguém gosta de passar uma viagem inteira sem nada para fazer. E que ninguém se esqueça do conforto: o acesso a camas em todas as classes parece também ser uma prioridade para os inquiridos.

Outras das inovações que despertaram interesse nos portugueses foi a criação de guias de viagem personalizados e inovadores para uma experiência mais adequada aos gostos e necessidades de cada um. Um robot que tratasse de toda a viagem também parece ser uma ideia agradável para os inquiridos.

Um quarto dos portugueses assume que gostaria da possibilidade de uma impressora 3D à disposição no seu hotel, para imprimir objetos úteis, como roupa, ou até mesmo para não viajar com a mala tão cheia — o sonho de qualquer mulher.

Newsletter

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.