Foi no Vila Galé Clube de Campo que na passada quarta-feira, 8 de setembro, passámos um dia inesquecível cheio de experiências que nos fizeram sentir de corpo e alma na vida de campo. Mas já lá vamos.

Era perto das 20h de terça-feira quando chegámos ao hotel. Sabíamos que no dia seguinte nos esperavam muitas horas de aventuras e, por isso, nada melhor do que antecipar a viagem e acordar já em pleno Alentejo.

Há uma forma de o vinho saber melhor: quando dá uma mãozinha. 5 experiências para vindimar
Há uma forma de o vinho saber melhor: quando dá uma mãozinha. 5 experiências para vindimar
Ver artigo

O Vila Galé Clube de Campo fica perto de Beja, a cerca de duas horas de Lisboa. O hotel conta com 81 quartos e suites, piscinas exteriores, campo de ténis, um restaurante de comida típica do Alentejo, um bar, spa com piscina interior, sauna, banho turco, ginásio, salas de massagem, mas o melhor são mesmo as atividades que aqui podemos experienciar.

Logo à chegada, ficámos rendidos com a decoração que nos transportou de imediato para uma típica herdade alentejana. Afinal, esse é precisamente o objetivo deste hotel de quatro estrelas: fazer com que os hóspedes se sintam em pleno Alentejo assim que atravessam os portões. E ainda conseguimos ver um pôr do sol fabuloso.

7h de terça-feira. Estava na hora de acordar e despertar para um dia de aventuras. O pequeno-almoço estava marcado só para as 9h e, por isso, deu tempo para conhecer o hotel. Só aqui nos apercebemos da dimensão do espaço e da quantidade de animais e área cultivada que havia.

No Vila Galé Clube de Campo, o enoturismo é uma das principais atrações e, por isso, quando assim é possível, o conselho é que todos aproveitem a estadia para fazer uma visita às vinhas, adega e cave Santa Vitória — o vinho que daqui sai para nos acompanhar nos jantares e melhores petiscos do Alentejo.

Passeámos pelas vinhas, cortámos as uvas e pisámos a pé ao som de cante alentejano

Uma viagem de cerca de uma hora, num atrelado pegado a um trator, levou-nos a passear pelos campos. Tomás, o responsável pela manutenção de toda a parte agrícola, foi-nos explicando durante a caminho que, mais do que uvas para fazer o vinho, no Vila Galé Clube de Campo existe também uma grande plantação de três tipos de fruta (ameixa, pera e pêssego) e ainda azeitonas para fazer azeite.

Regadas pelo Alqueva, as vinhas, com mais de 20 anos, contam histórias que nos chegaram pela voz da enóloga Patrícia Peixoto. Daqui ninguém sai com perguntas por fazer e arriscamos dizer que nos tornámos uns especialistas em vinhos (e não só a beber).

Estamos agora na altura das vindimas, mas disseram-nos que, por lá, a maioria das uvas já tinham sido apanhadas durante o mês de agosto e na adega já se encontrava cerca de um milhão de quilos de uva. Umas delas apanhadas à mão, outras pelas máquinas (porque a verdade é que muito deste trabalho, que antigamente era feito apenas pelo homem do início ao fim, é agora feito com ajuda de maquinaria).

Desde a altura em que a uva é cortada e colocado no balde até à inserção do vinho nas garrafas, vai um longo processo que só aqui é possível perceber e acompanhar. Depois de conhecermos a adega, estava na hora de colocar as mãos na massa (que é como quem diz os pés nas uvas, e pisar). Foram poucos os que se atreveram a lá entrar, mas nós não quisemos perder essa experiência. Foi tão boa a sensação de fazer isto pela primeira vez na vida, mas melhor ainda foi quando, durante o processo de pisar as uvas, os funcionários do Vila Galé nos surpreenderam com cante alentejano.

O programa, realizado durante toda manhã — que incluiu entrega do kit vindima na receção do hotel, passeio pela herdade, ida às vinhas, seleção e apanha dos cachos, visita à adega, pisa a pé e prova de três vinhos Santa Vitória (seleção branco, tinto e rosé) com petiscos regionais alentejanos, queijo e enchidos — pode ser realizada por hóspedes ou clientes externos pelo custo de 30€.

Última chamada para provar vinhos, fazer compotas e ver Évora à boleia do Convento do Espinheiro
Última chamada para provar vinhos, fazer compotas e ver Évora à boleia do Convento do Espinheiro
Ver artigo

Este ano, o programa Vindimas do Vila Galé Clube de Campo termina esta sexta-feira, 17 de setembro, mas pode já começar a pensar em reservar a experiência para 2022, já que se voltará a repetir. Nesta experiência podem também participar crianças até aos 3 anos de forma gratuita e para crianças com idades entre os 4 e os 12 anos há 50% de desconto sobre o valor de adulto.

Se quiser realizar a experiência nas vinhas do norte, ainda este ano, o Vila Galé Douro tem a atividade disponível até ao dia 30 setembro.

Um almoço com show cooking onde provámos as melhores migas de espargos

Saímos da adega a cheirar a uva, mas com a sensação de dever cumprido. E depois desta experiência esperava-nos um belo almoço preparado pelo chef Romão, com direito a pratos típicos alentejanos. As melhores migas de espargos que já provámos, pão embebido em azeite, azeitonas bem temperadas e ovos com tomate foram algumas das especialidades que vieram para a mesa.

Escusado será dizer que toda a refeição foi acompanhada pelos vinhos Santa Vitória, com direito a um porto de qualidade para terminar. Ao almoço, Manuel Patrício, diretor do Vila Galé Clube de Campo, e Porfírio Perdigão, diretor dos hotéis Vila Galé do Alentejo, explicaram-nos que, mais do que um hotel para descansar e passar uns bons dias em família, o objetivo deste Vila Galé é incluir os hóspedes nas atividades de campo.

"Queremos convidar os clientes a participar nestas atividades. Queremos todos os meses ter três ou quatro experiências diferentes. Passeios de bicicleta e balão, por exemplo, estão cá o ano inteiro. Mas a herdade tem muito mais para oferecer todos os meses", diz Porfírio Perdigão à MAGG. "São trabalhos que os funcionários de cá já têm de fazer — como apanhar as uvas, tratar dos cavalos, dar comida aos animais — e queremos inserir também as pessoas nessas atividades", continua Manuel Patrício.

Em novembro, preparam-se para lançar uma agenda em todos os hotéis do Alentejo com o objetivo de definir as atividades e também experiências culturais às quais os hóspedes podem ter acesso.

Despedimo-nos do Vila Galé Clube de Campo com um passeio a cavalo pela herdade

Além das vindimas e do almoço com show cooking (cujo preço está sujeito a consulta), tivemos a oportunidade de terminar o dia com um passeio a cavalo pela herdade. Ficámos impressionados com a simpatia do instrutor, a forma como nos colocou à vontade com os animais e como nos ensinou a montar em poucos minutos.

Adorámos e passado uma hora estávamos a conhecer a herdade de um ponto de vista diferente. Esta é uma atividade que pode também ser realizada durante todo o ano. Se preferir manter-se apenas perto dos cavalos pode ainda optar pelos passeios de charrete, com o preço de 30€ por pessoa. As opções são várias, para todos os gostos e para que as férias possam ser aproveitadas ao máximo durante todo o ano.

As estadias no Vila Galé Clube de Campo começam nos 115€ por noite, em quarto duplo.

*A MAGG realizou estas experiências a convite do Vila Galé Clube de Campo.  

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.