“Adotei um gatinho bebé. E agora?”. A chegada de um gato à sua família pode ser um momento de grande felicidade, mas também de algumas dúvidas. Especialmente se for a primeira vez. O passo essencial para se ter um gato — ou qualquer outro animal de estimação, na verdade — é ter muito carinho para dar. Depois disso, vêm as dicas práticas a que deve dar alguma atenção.

Nos primeiros meses de vida, o gatinho atravessa três fases de crescimento em que a alimentação desempenha um papel essencial no seu desenvolvimento natural. Para que cresça saudável, é importante garantir que, logo desde o primeiro instante, dá ao seu gato todos os nutrientes necessários de que precisa em cada uma destas fases. 

Focada na importância de oferecer a melhor e mais completa nutrição para cada gato, a Royal Canin desenvolveu um programa de crescimento para gatinhos que tem em conta todos os nutrientes que estes gatinhos necessitam, desde os seus primeiros passos, e do primeiro miar, até que se tornarem adultos. 

O que é o mixfeeding e como pode ajudar a melhorar a saúde do seu animal
O que é o mixfeeding e como pode ajudar a melhorar a saúde do seu animal
Ver artigo

E que nutrientes são estes? Pegue no caderno e na caneta e comece a apontar. 

Fase #1. As primeiras quatro semanas

As primeiras semanas de vida do seu gato correspondem ao período de maior sensibilidade. Não só tende a dormir durante muitas horas, como também começará a andar e, consequentemente, a adaptar-se ao mundo exterior que o rodeia.

Nesta fase, o trato digestivo, o sistema imunitário e a dentição ainda são muito frágeis. Uma alimentação que se baseie em apenas leite materno pode ser substituída ou, até, complementada com soluções facilmente digerível como ROYAL CANIN® Babycat milk. 

Com um teor de lactose semelhante àquele que se encontra no leite da mãe, esta solução oferece ao seu gato todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento cognitivo. 

Mas também para a saúde digestiva do seu gatinho.

Fase #2. Das quatro semanas aos quatro meses

Depois de já ter aprendido a caminhar, esta é a fase em que o seu gato se torna mais autónomo e, por isso, terá tendência a começar a explorar o espaço ao seu redor. Será, também, nesta altura que começará a trepar e a correr.

Este é o momento em que a agilidade é posta à prova e o leite materno já não lhe dará os nutrientes necessários para suportar este tipo de atividades, passa por isso a necessitar de uma fórmula muito concentrada em energía.

Ainda assim, nesta fase o sistema digestivo continua sensível sendo importante que o seu alimento seja também de elevada digestibilidade para evitar assim possíveis problemas gastrointestinais. Qualquer opção nutritiva que seja dada nesta fase, no entanto, deve continuar a promover o crescimento saudável do seu gatinho.

É isso que encontra no ROYAL CANIN® Mother & Babycat. Além de ser rico em ácidos gordos ómega 3, como o DHA, tem um elevado teor energético para garantir que o seu gato nunca carece dos nutrientes necessários para se manter ativo. 

Esta solução promove ainda o desenvolvimento da retina e do cérebro do seu gatinho.

Fase #3. Dos quatro aos 12 meses

Depois de quatro meses de crescimento saudável e com acesso aos melhores nutrientes que o seu animal de estimação poderia ter, chegou a altura em que o gato começa a tornar-se adulto e a precisar de outros nutrientes — como a vitamina E, C e taurina, que reforçam as funções imunitárias, melhorando a sua resposta à vacinação e o desenvolvimento saudável e fortalecido da sua estrutura corporal. 

Para esta fase, conte com ROYAL CANIN® Kitten, ou seja, uma solução rica em antioxidantes e com um conteúdo adaptado de proteínas, vitaminas e sais minerais. 

A alimentação do seu gato deve assim adaptar-se a cada uma de estas etapas para poder dar resposta às necessidades nutricionais e físicas que surgem em cada uma.  

Isso é válido para caso, por exemplo, decida esterilizar o seu gato, um processo que deve fazer-se entre os 6 e os 12 meses, ou seja estamos a falar neste caso de uma quarta etapa. 

Uma vez que o processo de esterilização se traduz numa alteração significativa do metabolismo, tornando-o menos enérgico, deve optar por opções menos calóricas já que as suas necessidades energéticas diminuíram. É aqui que entra a ROYAL CANIN® Kitten Sterilised.

Trata-se de um alimento menos calórico, adaptado a esta fase, que tem como objetivo prevenir o excesso de peso do seu gato e todas as complicações que estão associadas a essa condição — como diabetes ou problemas cardiovasculares. 

Apesar disso, este alimento contem todos os nutrientes necessários para que o seu gato continue a crescer saudável, forte e com a energia necessária para todas as atividades.

Royal Canin
IMAGENS © ROYAL CANIN  ® 2022

A qualquer fase, o acompanhamento profissional é importante

Ao longo de toda a vida do seu gatinho, é essencial adotar uma postura preventiva face à saúde do seu animal de estimação.

Isto significa que as consultas veterinárias devem ser regulares para que, além de tirar todas as suas dúvidas e ser aconselhado de forma profissional e informada, possa também acompanhar o desenvolvimento do seu gato e até detetar eventuais problemas que possam surgir.

Sempre que for necessário, a gama da Royal Canin estará disponível para responder às necessidades dos gatos e dos seus tutores. Pode conhecer a gama no site oficial da marca.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.