Provavelmente já passou pela situação de, assim que chega a casa, começar a chamar pelo nome do seu gato na esperança de que ele o venha receber à porta. Chega até ao ponto de gritar mais alto na esperança de que isso lhe desperte a curiosidade. Temos más notícias: se o seu gato não costuma reagir quando o chama, a probabilidade de o estar simplesmente a ignorar é muito alta.

Pelo menos é esta a conclusão de um novo estudo que avaliou a forma como os gatos reagiram cada vez que os seus tutores diziam os seus nomes pelo meio de outros aleatórios.

Sabe qual é o maior erro que pode cometer com um gato?
Sabe qual é o maior erro que pode cometer com um gato?
Ver artigo

A investigação foi realizada na Universidade de Sophia em Tóquio, no Japão, que, além disso, fez o mesmo teste mas com intervenientes que, até àquele momento, nunca tinham tido qualquer contacto com os gatos. E os resultados são reveladores.

Segundo o jornal "Huffington Post", que teve acesso aos dados da investigação, sempre que os animais ouviam o seu nome levantavam as orelhas ou movimentavam a cabeça, "embora nunca tenham mostrado qualquer entusiasmo, como mover a cauda ou fazer barulho".

Os especialistas garantiram que era expectável que os gatos reagissem cada vez que os seus nomes eram falados. Em parte porque o associavam a recompensas, como comida ou momentos de lazer, ou até mesmo a "castigos" — como ir ao veterinário ou ter de tomar banho.

À mesma publicação, Atsuko Saito, um dos responsáveis pela experiência, garantiu que esta investigação tinha como objetivo encontrar formas de poder vir a melhorar a qualidade de vida dos gatos no futuro. "Por exemplo, talvez venha a ser possível podermos ensinar aos nossos gatos que certos objetos ou locais perigosos possam ser sugeridos com formas específicas de entoação da nossa fala."

Os gatos são psicopatas ou apenas gatos?
Os gatos são psicopatas ou apenas gatos?
Ver artigo

Já John Bradshaw, especialista da Universidade de Bristol em interações entre humanos e animais, revelou que os gatos aprendem da mesma forma que os cães. Mas há uma diferença: "Os gatos são tão bons como os cães a aprender coisas novas, mas simplesmente não estão muito interessados em mostrar aos seus tutores que a aprendizagem foi bem sucedida."

O que quer isto dizer, afinal? Que sempre que o seu gato não responder ao seu chamamento, é sinal de que não lhe interessa muito sair de onde está e que, por isso, o mais fácil é ignorar.

Newsletter

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.