Como dizia o grande astrólogo Howard Sasportas (1989) e tão atual no momento presente: “Nem sempre a vida é fácil. É impossível viver profundamente e não sentir dor ou atravessar tempos de crises, colapsos ou mudanças e ruturas importantes.”

E o ano de 2020 foi um ano inesperado e imprevisível, tão imprevisível que apelou à nossa maior resiliência. O alinhamento dos planetas Júpiter, Saturno e Plutão e com alternância dos planetas pessoais teve impacto nas nossas estruturas físicas, psicológicas e emocionais, tanto a nível coletivo, como a nível pessoal. Todos nós fomos diretamente afetados por esta crise pandémica e a sua repercussão vai continuar a ser sentida no novo ano.

Como vamos 'matar' 2020? "É necessário fazer o luto num caminho desde a negação à aceitação"
Como vamos 'matar' 2020? "É necessário fazer o luto num caminho desde a negação à aceitação"
Ver artigo

No início de todos os anos, temos a possibilidade de olhar novamente a vida com esperança. Neste sentido, é fundamental mantermos a fé e a esperança no futuro e na possibilidade de transformarmos as coisas de forma diferente e continuarmos a fazer o nosso melhor para a evolução da condição humana.

A partir de março de 2021 é o ano do planeta Vénus. Vénus, como fator psíquico arquetípico, representará no ser humano a necessidade de estabelecer relações baseadas na dependência mútua através da cooperação, partilha e na harmonia ou equilíbrio entre duas ou mais pessoas. Todas as relações humanas, amizades, sociedades, casamentos são criadas a partir desta necessidade arquetípica representada por Vénus.

Vénus representa a capacidade humana de procurar o que tem valor e o que tem qualidade, discriminar através do sentido o que vale do que não vale, o que é bom do que não é bom. Em Vénus surgem os primeiros valores, sejam valores sociais (como regente de Balança) ou materiais (como regente de Touro). A noção de amor, expressão afetiva, harmonia, cooperação, paz, humanismo, justiça, sentido estético e também de segurança, riqueza, dinheiro, prosperidade, é atribuída a Vénus.

Vénus é o arquétipo do sentimento de amor e de todas as projeções que o acompanham. Que saibamos viver as nossas vidas e escolhas com a essência deste planeta pacificador.

Carneiro

Lema para 2021: Saber esperar pelo momento certo

Para o signo de Carneiro, o ano inicia-se com desafios emocionais tanto no plano familiar, como no plano profissional. Nos meses de março e abril, os nativos de Carneiro vão ter a possibilidade de repor as suas energias e as suas ligações com os outros serão fluidas e harmoniosas. É um momento de colocar o seu dinamismo e força de vontade nos seus propósitos pessoais e profissionais.

Nos meses seguintes até agosto serão meses desafiantes que vão apelar à sua capacidade de assertividade e determinação, podendo inclusive ter momentos de uma certa inércia e cansaço extremo, pelo que será importante saber gerir a sua energia. A partir de setembro, estes nativos de espírito empreendedor e audaz podem contar com uma energia redobrada em todas as áreas da sua vida.

No que toca o campo afetivo, especialmente nos primeiros meses do ano, esperam-se situações mais desafiantes e os seus limites vão ser postos à prova, apela-se assim à tolerância como resolução de conflitos. A prática de exercício físico seria uma boa forma para acalmar este espírito indomável.

Touro
Lema para 2021: Encontro com a aventura

Neste ano de 2021, a comunicação dos taurinos será muito fluída e com muita vontade de partilhar com os outros as suas aventuras passadas. Tendo em consideração que as viagens estão em suspenso, será um ano em que estes nativos vão procurar as novas tecnologias para expandir os seus horizontes e conhecimento. No entanto, vão continuar a sonhar pelo dia em que poderão colocar as suas viagens em prática.

Os estudos serão igualmente benéficos para a sua estrutura interna. Só no início do ano é que poderá haver alguma atribulação em termos emocionais e algumas questões familiares. Especialmente no início da primavera com a entrada do novo ano astrológico, os taurinos vão beneficiar em todos os campos da sua vida, visto que o seu planeta regente Vénus vai liderar o ano.

Esta energia venusiana vai ajudar a promover os valores taurinos, designadamente a sua autoestima, empatia, sensualidade, habilidade artística e beleza. Tendo em conta que os taurinos são artesãos natos, será uma forma de poderem beneficiar monetariamente com uma nova atividade.

Gémeos
Lema para 2021: Reestruturação interior

Os geminianos foram possivelmente os nativos que tiveram maior facilidade em adaptar-se a esta realidade que vivemos pela sua capacidade de dar leveza às situações e pela sua curiosidade intrínseca e versatilidade nas tecnologias. Muitos terão aproveitado para fazer cursos online.

Apesar de começarem com o pé direito nos primeiros meses, principalmente em março onde as áreas da família e do trabalho estão muito favorecidas, estes nativos estarão muito inspirados e com vontade de mudar o mundo. Porém, nos meses de julho, agosto, outubro e novembro, estes nativos vão ser colocados à prova e vão sentir muita instabilidade, especialmente a nível de estrutura interna e emocional.

No último mês do ano voltam a reencontrar-se mais fortes e com muitas das suas feridas bem antigas resolvidas. É importante ter atenção ao seu sistema nervoso, sobretudo nos meses mais desafiantes.

Caranguejo
Lema para 2021: Sentimento de fragilidade

Para os nativos deste signo, o novo ano afigura-se muito exigente. A adaptação às condições atuais está a ser penosa. Por mais que queiram sonhar e usar os seus dons, a imaginação e a fantasia, a realidade e os conflitos externos levam à tomada de consciência de que a conjetura atual é mais dura do que a sua predisposição a que tudo seja um conto de fadas.

Já é sobejamente conhecido que o ponto forte deste signo é indubitavelmente ter uma alma profunda e uma grande capacidade de sentir tudo à sua volta. Os nutridores do zodíaco não tiveram mãos a medir para promover o bem-estar de todos os que os rodeiam e assim continuará durante o ano de 2021.

Se já é complicado a falta de tempo e o seu dilema interno entre família e trabalho, o presente traz uma sobrecarga que agrava o seu estado emocional e físico. Será muito importante dedicar algum tempo do dia a cuidarem de si próprios para mitigar o risco de esgotamento. Os meses de junho e julho serão muito positivos para estes nativos.

Leão
Lema para 2021: Generosidade compensa

Nos dois primeiros meses do ano, o signo criador de Leão começa com algumas questões emocionais para resolver e sentirá muita dificuldade em aceitar as limitações impostas pela sociedade. Porém, a partir de março até julho vai conseguir reinventar-se, criando projetos e possibilidades que vão beneficiá-los principalmente no trabalho e nas relações com os seus familiares.

Como bons organizadores que são e até megalómanos, estes nativos continuam a espalhar o seu otimismo, generosidade e dinamismo a todos aqueles que se encontram à sua volta. Em agosto, os leões vão sentir as emoções à flor da pele e vão-se colocar em causa.

É possível que os seus projetos não se desenvolvam como pretendido, levando a um sentimento de excesso de peso das suas responsabilidades. Para além disso, existe a possibilidade de haver conflitos com a autoridade. Seria importante aproveitar este mês de agosto para fazer uma pausa e não exigirem tanto de si próprios. No final, acabarão o ano a sentir que o esforço e dedicação foram recompensados.

Virgem
Lema para 2021: Levar as suas ideias avante

Para os nativos de Virgem, o ano começa com uma grande necessidade de recolhimento e com uma forte ligação ao seu mundo interno e espiritual. Mesmo para aqueles que se consideram muito céticos, haverá uma maior abertura para o lado transpessoal. Nos meses seguintes, os virginianos continuarão com a sua dedicação na busca incessante das melhores soluções possíveis para serem produtivos e rigorosos em todas as áreas da sua vida.

Com a chegada do mês de setembro, apesar de haver uma estabilidade e vigor, estes nativos serão confrontados com questões emocionais, correndo o risco de afetar o seu sistema nervoso e a sua tomada de decisão no campo sentimental. Nos meses de outubro e novembro, serão colocados à prova principalmente nas relações interpessoais e profissionais.

Poderá haver uma tendência para ter ideias fixas e uma necessidade compulsiva de falar e de se comunicar. Terão uma disposição para pensamentos repetitivos. A sua capacidade persuasiva sobre os outros estará em evidência e podem chegar a ser intolerantes face às ideias contrárias às suas. Contudo, terminarão o último mês com boa energia.

Balança
Lema para 2021: equilíbrio e abundância

Podemos dizer que o ano anterior foi tão eletrizante para o signo de Balança e com tantas mudanças repentinas que este será um ano muito mais calmo e apaziguador para estes nativos. Todavia não será de estranhar a vontade desesperante de viajar. A partir de março, com a entrada do novo ano astrológico, todos os campos da vida do Balança vão ser beneficiados, visto que o seu planeta regente Vénus vai liderar o ano.

Esta energia venusiana vai ajudar a promover os valores de Balança, designadamente a sua harmonia, equilíbrio e facilidade de se relacionar com todo o glamour que lhe é peculiar. Nos meses de junho, julho e agosto, estes nativos vão-se sentir alinhados com os desígnios do universo, resgatando principalmente a sua vontade de brincar e de sentir prazer na vida.

Durante o mês de setembro haverá uma possibilidade de confrontarem-se com questões de intimidade que facilmente serão resolvidas se mantiverem a leveza anterior. No último mês do ano, a probabilidade de terem compulsões interiores e ideias fixas no campo relacional poderão provocar uma necessidade de controlo excessivo face ao parceiro(a).

Escorpião
Lema para 2021: Força de vontade

Para o signo do zodíaco mais obstinado e profundo, o ano começa com ideias fixas e com dificuldade em acolher ideias diferentes às suas. No entanto, o grande poder de transformação está localizado nas suas fundações psicológicas. No início do ano, os escorpiões vão sentir uma grande vontade de estar com a família de forma a dar apoio psicológico e uma disposição para reorganizar o lar.

Nos meses seguintes, de fevereiro a maio, os nativos deste signo poderão contar com o seu discernimento e foco para alcançar os seus projetos e propósitos, bem como poderão contar com ganhos inesperados. Especialmente em maio, vão sentir-se motivados e empenhados em todas as áreas da sua vida, com maior evidência na área dos relacionamentos e trabalho.

A partir de maio, o foco será dado aos relacionamentos, tendo apenas que dar atenção a conflitos e discórdias neste campo na última semana de setembro. Até ao final do ano, o signo mais magnético do zodíaco vai atrair muita prosperidade principalmente nas suas realizações profissionais. No entanto, deverá ter cuidado à primeira semana de novembro para não assinar nenhum contrato profissional a longo prazo. Estes nativos terminam o ano com determinação e emoções fortes.

Sagitário
Lema para 2021: Boas vibrações

O signo de Sagitário começa o ano muito otimista no que toca aos relacionamentos, contudo os seus projetos poderão sofrer um impasse devido à sensação de falta de liberdade tanto na ação, como na vontade emocional de os realizar. Vão também sentir que na vida íntima tudo flui com grande facilidade.

Em maio, terá de prestar atenção para não cair em pensamentos exagerados e repetitivos, levando à preguiça para pensar e à falta de autocritica dos seus próprios pensamentos e ações. Quanto ao mês de junho, todas as áreas, principalmente os relacionamentos e o trabalho, estarão em alta.

No trabalho poderão terminar um projeto muito antigo. No segundo semestre boas perspetivas se avizinham. Em outubro e novembro devem ter cuidado com o exagero e transbordamento emocional, podendo vir a ser muito exigentes para eles próprios. Em dezembro devem aproveitar o momento para comunicar novos projetos altruístas. Terminam assim um ano em excelente vibração e entusiasmo.

Capricórnio
Lema para 2021: Experiências inovadoras

No início do ano, os capricornianos com o seu medo imenso de serem controlados, limitados e oprimidos pelos outros vão acabar por ter de se submeter às demandas das suas emoções flutuantes entre a necessidade em fazer tudo certo e com o rigor que já lhes é habitual e a rebeldia e vontade de sair completamente fora da caixa.

Em fevereiro vão sentir esta energia e sensação principalmente na área da família e dos relacionamentos interpessoais. No dia 18 de dezembro de 2020, Saturno, regente de Capricórnio, entra no signo de Aquário, provocando a estes nativos capricornianos uma fixação pelo medo de não pertencer a um grupo ou de se sentirem inadequados perante grupos.

No entanto, se conseguirem, através da sua maturidade e tranquilidade, viver a sua independência e liberdade peculiar vão certamente alcançar uma forte presença em relação aos outros e inclusive criarem experiências completamente inovadoras. O seu planeta regente, Saturno, tem como princípio o princípio da realidade, que permite aos capricornianos terem a capacidade de aguentar e esperar para terem aquilo que desejam sem terem que substituir por uma outra coisa qualquer para se satisfazerem imediatamente.

Também permite a estes nativos terem a sensação de saber gerir o seu tempo. Isto vai acontecer nos meses de março a metade de maio. A partir desta altura até ao final do ano, voltarão a sentir dificuldades e uma sensação de cansaço extremo ou perda de vitalidade.

Aquário
Lema para 2021: Conflito entre liberdade e sistema

Desde o início do ano, os nativos de Aquário vão-se confrontar com a imensa vontade de expandirem-se, criarem e serem muito inovadores com a sensação e perceção que o sistema lhes impede o seu potencial criativo. Durante 2021, os aquarianos vão sentir-se injustamente reprimidos ou possivelmente eles próprios vão-se limitar.

Esta sensação vai fazer com que queiram viver ainda com maior liberdade de forma quase compulsiva que poderão mesmo tornar-se dependentes dessa mesma liberdade. O importante seria que conseguissem libertar-se de todas as limitações independentemente da sua natureza mesmo que não passem de meras pressuposições com o intuito de provar constantemente a sua independência.

Por mais ideias inovadoras e originais que tenham poderá haver uma certa insegurança, teimosia e algum medo ou não ter vontade para as realizar. Nos dois primeiros meses serão as emoções e a sua intimidade bem como o trabalho as áreas mais afetadas por esta energia anteriormente descrita.

A partir de março, a forma como vai lidar com a rotina diária e comunicar tudo aquilo que sente e pensa serão as áreas mais afetadas por essa energia. Só em setembro, estes nativos vão poder descansar um pouco e seria muito importante recarregarem as suas baterias. Acabam com a mesma dinâmica que começaram no início do ano.

Peixes
Lema para 2021: Pretensão de salvar o mundo

“Não podemos fazer grandes coisas, mas apenas pequenas coisas com grande amor”, Madre Teresa. O regente do signo Peixes, Neptuno, personifica o impulso de transcender as fronteiras que separam a alma do todo. Representa também o espírito de sacrifício, seja sacrifício por uma pessoa ou por uma causa maior. Os nativos do signo Peixes vão sentir este ano uma vontade desmesurada de amar e serem amados nem que isso coloque em causa o seu amor próprio, visto que o seu espírito altruísta de salvar o mundo é mais forte.

Se por um lado vão levar isto como uma missão e propósito de vida e, em muitos casos, poderão ser bem-sucedidos, por outro lado tal atitude poderá levá-los a desconectarem-se da realidade, sobretudo no mês de fevereiro. A necessidade de liberdade é tão grande que muitos poderão criar falsas expectativas fazendo com que todos os seus objetivos e propósitos possam ser irrealizáveis por tão fantasiosos que são. A partir de maio, tanto os seus projetos familiares como a valorização pessoal estarão em foco.

Nos meses seguintes poderão ser muito confusos, voltando a sentir uma vontade de escapar da realidade. Nos últimos meses, estes nativos vão estar com uma capacidade imensa de orientar os outros e serão um elo inspirador dos poderes da alma e das profundezas da mesma, levando muitos dos seus propósitos e movimentos altruístas a bom porto.

Estas previsões não prescindem de uma avaliação mais aprofundada e específica para cada indivíduo, visto que cada ser humano é uma identidade única e irrepetível. Para uma avaliação mais orientada, aconselha-se a marcação de uma consulta online através do site: https://sandramcosta.pt/consultas/consultas-de-astrologia/

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.