Quando este agente da PSP decidiu parar um carro na rua, certamente não imaginava este desfecho. Depois de realizar um teste, o condutor acabou por ser detido por condução sob o efeito de álcool, no entanto, a história não ficou por aí.

Os agentes da PSP, da Esquadra do Cacém, foram agredidos, e um deles foi mordido na zona das costelas por este condutor alcoolizado tendo ficado com marcas impossíveis de disfarçar. O Sindicato Unificado da Polícia de Segurança Pública partilhou uma imagem deste agente onde se vê bem a marca e onde conta o que aconteceu.

Segundo esta partilha que foi feita no Facebook, "para agravar a situação, o cidadão era portador de COVID-19". Segundo o "Diário do Distrito", foi realizado um teste à COVID-19 no Hospital Amadora-Sintra, tendo este dado positivo.

O agente que foi agredido e mordido também fez um teste, mas este deu negativo. "Está tudo bem, não se passa nada", diz o Sindicato Unificado da Polícia de Segurança Pública, juntamente com o hashtag #juntossomosmaisfortes.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.