Esta segunda-feira, 4 de maio, chegou o dia de restabelecer alguma da normalidade. Cabeleireiros, livrarias, stands e lojas com menos de 200 m2 voltaram a abrir e para nos deslocarmos ficamos na dúvida se o estacionamento gratuito da EMEL ainda está em vigor.

Contactada pela MAGG, a empresa revela que "a data de início de regresso à atividade da EMEL, em termos de fiscalização/cobrança de estacionamento,  será alinhada com a CML e quando se mostrar pertinente o regresso à atividade".

Decisões tomadas: comércio, teletrabalho, cafés, cabeleireiros — o que vai mudar na nossa vida a partir de segunda-feira
Decisões tomadas: comércio, teletrabalho, cafés, cabeleireiros — o que vai mudar na nossa vida a partir de segunda-feira
Ver artigo

A empresa avança ainda que o regresso vai estar dependente de vários fatores: "Da celeridade com que as atividades económicas regressarem à normalidade e as questões inerentes à mobilidade se voltarem a colocar no espaço urbano", revelou a assessora da EMEL, Maria Teresa Loureiro.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.