Depois de praticamente duas semanas com chuvas constantes, excelentes para eliminar os efeitos da seca em Portugal, eis que o outono se mascara de inverno e traz temperaturas bem mais baixas do estávamos a sentir, já a partir desta sexta-feira, 4 de novembro. Os termómetros vão mesmo tocar nos zero graus, algo que não acontecei há muitos meses em Portugal continental.

A capital de distrito mais fria é, como de costume, Bragança, que registará então uma mínima de zero e uma máxima de 14 graus ao longo deste dia. Ainda assim, sem chuva, tal como em todo o território. Logo depois vem a Guarda onde o frio se sentirá em força e os termómetros vão baixar até um mínimo de 3º, subindo a um máximo de 11, que é mesmo a temperatura máxima mais baixa de todo o território.

IPMA

Em Lisboa as coisas vão estar ligeiramente melhor. Não há chuva durante o dia, mas também não há temperaturas acima dos 19 graus, que é a máxima prevista para o dia. A mínima toca nos 12. No Porto estará mais frio, como de costume, e os termómetros chegam aos 9, com o momento mais quente do dia a acontecer quando se atingirem os 17.

Estas são as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.