De batina, máscara, viseira, Bíblia numa mão e pistola de água na outra, este padre partiu para as ruas de Detroit, EUA, para distribuir água benta. O acontecimento não é novo, o episódio deu-se em abril, mas só agora tornou-se viral no Twitter.

O padre Tim Pelc está na paróquia de Detroit há 30 anos e orgulha-se de ter uma "mente muito louca e uma boa aceitação da congregação", disse ao site "BuzzFeed News". O padre revelou que a ideia original era fazer algo para as crianças da paróquia, uma vez que a Páscoa estava a aproximar-se e Pelc não queria deixar passar a data, e foi então que pensou: "O que é que ainda podemos fazer respeitando todos os protocolos de distanciamento social?".

A solução foi então a pistola de água. Antes de avançar com o plano, o padre pediu a opinião do amigo e médico de emergência de Detroit sobre a ideia, e o mesmo incentivou-o de imediato a avançar. "Ele disse: 'Isso não é apenas seguro, é divertido' e ele veio com os filhos", contou Pelc.

Os Mouros da Calçada. Hugo e João dão música aos vizinhos todas as noites — e até já convidaram o padre para dar a missa
Os Mouros da Calçada. Hugo e João dão música aos vizinhos todas as noites — e até já convidaram o padre para dar a missa
Ver artigo

Com a correta distância de segurança de forma a não pôr os fieis em risco de contaminação com COVID-19, o padre partiu com todos os equipamentos de proteção pessoal — a máscara e viseira — e com a ajuda da pistola levou a cabo a séria missão: espalhar a água benta num dia com significado especial.

"Tivemos uma boa participação. Foi uma forma de continuar uma tradição ancestral e as pessoas pareceram gostar", admitiu o padre ao mesmo site.

Além da adesão, o que não esperava era ter ficado famoso pela iniciativa. As fotos do momento foram partilhadas no Facebook da Paróquia, a 12 de abril, mas foi na rede social Twitter que ganharam uma maior expressão, alcançando um total de 567,5 mil gostos e 127,6 mil retweets.

"As pessoas queriam ter um lado positivo das coisas que estão a acontecer agora no mundo", disse Busque, gestora da página de Facebook da igreja. "Viram isto e acho que viram que ele [padre] importa-se com os seus paroquianos o suficiente para querer manter as suas tradições vivas, mas trabalhar [dentro] das diretrizes do CDC [Centro de Controle e Prevenção de Doenças] de segurança", acrescentou a mulher que partilhou as fotografias originais da ação do padre Tim Pelc.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.