Três homens dados como desaparecidos há três dias foram encontrados na ilha desabitada de Pikelot, nos Estados Federados da Micronésia este domingo, 2 de agosto. O resgate aconteceu depois de, já desesperados, terem escrito no areal da praia em letras grandes a mensagem "SOS".

O pedido de socorro foi avistado por aviões australianos e norte-americanos, que deram o alerta ao departamento de defesa australiano, conforme revelam as autoridades em comunicado, de acordo com a TSF. O helicóptero militar australiano conseguiu aterrar na praia e salvar então os três homens, a quem foi dada comida e água.

Como a população de Santo Tirso conseguiu salvar mais de uma centena de animais do abrigo ilegal em chamas
Como a população de Santo Tirso conseguiu salvar mais de uma centena de animais do abrigo ilegal em chamas
Ver artigo

Os homens ficaram retidos na ilha depois de partirem de Pulawat, nos Estados Federados da Micronésia, num barco de sete metros a 30 de julho com o objetivo de chegar até ao atol (ilha de coral) Pulap, que ficava a cerca de 43 quilómetros de distância do ponto inicial.

Contudo, a falta de combustível fez com que ficassem a meio caminho, a cerca de 190 quilómetros do ponto de partida, abrigando-se na ilha de Pikelot.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.