Vangelia Gushterova, mais conhecida como Baba Vanga, morreu em 1996, mas não sem antes deixar previsões para os anos seguintes. Videntes há muitas, mas esta tem acertado inúmeros acontecimentos ao longo dos tempos, e já se sabe o que crê vir a ocorrer em 2022.

Com 85% de precisão, como adianta o jornal SOL, esta vidente cega reserva, para 2022, o aparecimento de um novo vírus mortal, encontrado na tundra siberiana por uma equipa de pesquisadores e descongelado devido às alterações climáticas. Esta descoberta acontecerá, de acordo com a vidente búlgara, enquanto ainda se tenta combater a atual pandemia de Covid-19.

Previsões para 2022. Saiba o que reserva o novo ano para o seu signo
Previsões para 2022. Saiba o que reserva o novo ano para o seu signo
Ver artigo

Vírus à parte, as catástrofes irão continuar. A Ásia e a Austrália serão afetadas por um tsunami, tal como Baba Vanga previu para 2004, quando se deu o tsunami na Indonésia que matou mais de 22 mil pessoas. A poluição nos rios vai aumentar e haverá uma crise hídrica, com várias cidades pelo mundo a sofrerem escassez de água potável, devido ao aumento da densidade populacional.

Como se não bastasse, vêm aí extraterrestres. De acordo com Baba Vanga, o asteroide Oumuamua, observado pela primeira vez em 2017, foi enviado por alienígenas. Em 2022, estas criaturas irão atacar o planeta Terra, crê a vidente, e "poderão fazer prisioneiros".

Para o ano que termina, esta vidente previu atividades sísmicas e vulcânicas significativas, bem como inundações e tempestades. No passado, acertou ocorrências como a morte da princesa Diana, os ataques do 11 de setembro, o tsunami de 2004 na Ásia, a saída do Reino Unido da União Europeia, a dissolução da União Soviética, o acidente nuclear em Chernobyl e a ascensão do Estado Islâmico, entre outros.

Baba Vanga nasceu em 1911 e morreu aos 85 anos. Alegou ter perdido a visão com 12 anos devido a "causas naturais". Acreditava que "ganhou um presente de Deus", referindo-se ao poder de conseguir prever o futuro. Já falhou várias previsões, mas, em comparação, foram mais aquelas que acertou.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.