Um adolescente foi preso por fugir da escola e tentar violar duas mulheres. Tinha apenas 14 anos quando se dirigiu pela primeira vez ao Alexandra Park, em Manchester, para tentar atacar sexualmente uma mulher. O rapaz tentou violar duas jovens mães — uma delas encontrava-se na companhia do filho, ainda criança, quando foi abordada pelo atacante.

A polícia disse que estava a par da ocorrência de cinco incidentes similares, mas que só conseguiam relacionar três deles com o adolescente. Segundo escreve o jornal "Metro" esta terça-feira, 12 de novembro, o rapaz foi julgado agora, no tribunal de Minshull Street, onde a defesa alega que o jovem atacou estas mulheres por depender bastante da mãe e não ter uma figura paterna. O rapaz, agora com 17 anos, foi finalmente identificado porque uma das vitimas conseguiu tirar uma fotografia do atacante enquanto este vestia as calças.

Como se educa para a equidade de género?
Como se educa para a equidade de género?
Ver artigo

Uma das vítimas tinha implorado pela vida, dizendo-lhe que tinha três crianças pequenas em casa, enquanto que o jovem a ameaçava com uma faca e se masturbava à sua frente. Ambas as vítimas foram abordadas de costas. Os incidentes aconteceram entre abril de 2017 e março de 2019, pouco depois de o rapaz se mudar para aquela zona com a mãe e dois irmãos.

O advogado de defesa HaseebYousaf disse: "Ele diz que teve uma infância normal mas a verdade é que não teve uma figura paterna e sempre dependeu muito da mãe". O rapaz foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão e vai ficar em liberdade condicional até 2027 devido a um alto risco de reincidência.

"Tu determinaste estas áreas como alvo, deliberadamente, porque sabias que ias encontrar mulheres sozinhas e andaste armado para as poderes intimidar", afirmou o juiz do caso, Nicholas Clarke, enquanto lia a sentença.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.