A operação de salvamento de Rayan, de 5 anos, foi interrompida por volta das 9h de Marrocos (8h em Portugal) deste sábado, 5 de fevereiro, devido a uma rocha dura que dificulta a operação das equipas de resgate, avança a CNN Portugal. As operações no poço perto de Bab Berred, na província rural de Chefchaouen, no Norte do Marrocos, duram há mais 80 horas e apesar de as equipas estarem a 1,68 metros da criança, o difícil terreno rochoso acaba de atrasar o processo de resgate.

Por ser um terreno instável — trata-se de uma encosta que corre o risco de desabar — os trabalhos de escavação têm sido interrompidos de 30 em 30 minutos para avaliar o estado do terreno e as condições do menino, mas o novo entrave obrigou mesmo as equipas a suspenderem a operação de salvamento da criança de 5 anos. 

Corrida contra o tempo para salvar Rayan: menino de 5 anos está preso num poço há 3 dias
Corrida contra o tempo para salvar Rayan: menino de 5 anos está preso num poço há 3 dias
Ver artigo

A operação encontra-se já na "segunda fase", avançou o responsável pelas operações de resgate à imprensa na madrugada deste sábado,  5, segundo o "Correio da Manhã". "Estamos quase lá. Esta operação não deverá demorar muito mais. Não há nenhuma novidade sobre o estado de saúde da criança", afirmou.

Contudo, de acordo com a mãe, o menino está vivo, apenas com alguns ferimentos na cabeça. "Ele está vivo. Vi-o a mexer-se. Continuem a rezar por ele", apelou a mãe na noite desta sexta-feira, 4, enquanto acompanhava as imagens da câmara instalada no poço que permitem ver o estado da criança.

Os socorristas têm recorrido a um cabo para levar oxigénio, água e comida ao local para que o menino sobreviva enquanto decorrem as operações.

Como sairá o pequeno Rayan do poço?

Rayan foi dado como desaparecido por volta das 15h desta terça-feira, 1 de fevereiro, quando o pai tentava reparar uma parte do poço que servia a habitação da família marroquina. A criança de 5 anos estaria a brincar perto do local quando caiu, ficando preso a 32 metros de profundidade.

Para o processo de salvamento, foram abertos dois túneis paralelos — um horizontal e um vertical — com recurso a cinco escavadoras, uma vez que o poço onde se encontra Rayan é demasiado estreito para permitir a passagem de um adulto.

No túnel construído pelas equipas marroquinas foi instalado um sistema de tubagens de grandes dimensões através do qual sairá Rayan, espera-se, com vida.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.