Fabio Jakobsen (da equipa Deceuninck-QuickStep), 23 anos, estava a fazer a Volta à Polónia a 5 de agosto quando uma queda brutal o deixou com apenas um dente e vários ferimentos na cara. O ciclista, que na altura ficou em coma induzido, levou 130 pontos na cara, ficou com "uma corda vocal paralisada" e o paladar está "ainda em recuperação", afirmou esta quinta-feira, 27 de agosto, o diretor-geral da equipa belga, Patrick Lefevere, de acordo com a SIC Notícias.

"Está com um aspeto terrível, está devastado. Esperamos que recupere por completo, mas será um processo que durará meses", disse Lefevere numa entrevista ao canal VTM.

Há um novo documentário na Netflix sobre o abuso sexual que a Federação de Ginástica americana ignorou
Há um novo documentário na Netflix sobre o abuso sexual que a Federação de Ginástica americana ignorou
Ver artigo

A queda grave, que provocou outras em cadeia deixando dois ciclistas e um juiz com ferimentos, aconteceu quando Fabio Jakobsen disputava um 'sprint' com Dylan Groenewegen.

Jakobsen tentava ultrapassar por fora o compatriota, mas Groenewegen, a pensar na vitória e a seguir a cerca de 70 km/h, fechou o caminho, atirando o adversário contra as barreiras laterais de proteção, conforme foi revelado por Czeslaw Lang, o organizador da prova, de acordo com o "Jornal de Notícias".

A equipa médica e um helicóptero acorreram de imediato ao local do acidente, mas Fabio Jakobsen acabou mesmo por ficar em coma induzido e foi submetido a uma operação numa unidade de cuidados intensivos na Polónia que durou mais de cinco horas, conforme revelado pelo diretor-geral da equipa belga, Patrick Lefevere, esta quinta-feira, 27.

Só após a operação é que Fabio Jakobsen foi transportado para os Países Baixos para recuperar em casa. O responsável pela equipa chegou mesmo a afirmar que o acidente é "a história de um crime".

A queda foi registada em vídeo e partilhada no Twitter.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.