O debate começou no fórum online Mumsnet, que fornece aconselhamento e suporte sobre questões familiares e parentais, depois de uma mulher de identidade anónima ter partilhado que pretende divorciar-se do marido se este continuar a engordar.

Segundo a publicação, esta mulher receia que o marido venha a sofrer de obesidade mórbida, tal como o seu sogro, e salienta que este parece estar a caminhar nessa direção, visto que não tem uma alimentação saudável e come comida plástica todos os dias.

Mulher acaba casamento depois de o marido lhe contar que comprou um carro — com o dinheiro que esta poupou para pôr implantes mamários
Mulher acaba casamento depois de o marido lhe contar que comprou um carro — com o dinheiro que esta poupou para pôr implantes mamários
Ver artigo

“O meu sogro está morbidamente acima do peso, tem dificuldade em andar, etc, e eu não tenho nada contra ele a não ser temer a ideia de que o meu marido fique assim. Lamento, mas eu não poderia ficar com ele dessaforma, quero ser ativa e fazer coisas e estares a fazer isso ao teu próprio corpo…”, escreveu, acrescentando que o marido “está a caminhar rapidamente nessa direção". "Nunca partilhamos uma refeição, ele não come a comida saudável que eu cozinho. Em vez disso, encomenda comida de fora.

“Isto é exatamente o que o pai dele fazia. Acabei de lhe lembrar que há um risotto delicioso no congelador, visto que ele disse que ia encomendar comida, que não comeu o dia todo. Ele não está a perceber a dica! Não seria razoável dizer-lhe apenas 'se ficares tão grande como o teu pai vou querer o divórcio'?”, perguntou.

O comentário gerou diversas críticas, com vários utilizadores do fórum a acusarem a mulher de ter os próprios problemas com comida depois de esta ter afirmado que janta cedo por não querer engordar e que só come à noite “se houver uma ocasião especial”.

As opiniões divergiram com vários utilizadores a afirmarem que a mulher não está a ser razoável e que iria passar um mau exemplo aos filhos: “Se isto é um quebra-cabeças para ti, tudo bem, sê clara com ele. A tua própria atitude em relação à comida parece estranha. Eu preocupar-me-ia pessoalmente com o que isto está a ensinar aos teus filhos, e sentiria que há um equilíbrio a ter”, foi um dos comentários à publicação. “Pareces muito controladora em relação à comida”, pode ler-se no mesmo fórum. 

Outro utilizadores argumentaram que a mulher tem razão e que ser “morbidamente obeso é incapacitante”. “Não tens de ficar com alguém por gentileza. Acho que devias abordar o assunto, mais cedo do que mais tarde, para que possas tomar uma decisão antes de ele ficar incomodado."

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.