O príncipe Harry prepara-se para lançar um livro de memórias "intimista e sincero" sobre a sua vida enquanto membro da família real britânica e cujo lançamento está previsto para o final de 2022. O anúncio foi feito esta segunda-feira, 19 de julho, pela Penguin Random House, a editora que ficará responsável pela publicação. O que se espera é que, neste livro, Harry partilhe, "pela primeira vez, a sua perspetiva sobre as experiências, as aventuras, as perdas e as lições de vida que ajudaram a moldá-lo" na pessoa em que se tornou, lê-se no comunicado oficial emitido pela editora.

As páginas vão abordar o escrutínio público a que Harry esteve sujeito enquanto membro da realeza, a sua passagem pelo serviço militar, mas também a nova fase enquanto marido de Meghan Markle e pai. "Escrevo isto [referindo-se ao livro] não enquanto príncipe que nasci, mas enquanto homem em que me tornei", refere Harry em comunicado.

William e Harry unidos em homenagem a Diana. "Desejávamos que ela ainda estivesse connosco"
William e Harry unidos em homenagem a Diana. "Desejávamos que ela ainda estivesse connosco"
Ver artigo

"Desempenhei inúmeras funções ao longo dos anos, literal e figurativamente, e a minha esperança é que, ao contar a minha história — abordando os altos e baixos, os erros e as lições que aprendi — possa ajudar a mostrar que, independentemente daquelas que sejam as nossas origens, temos mais em comum do que achamos", continua.

"Estou profundamente grato pela oportunidade de poder partilhar aquilo que fui aprendendo ao longo da minha vida e entusiasmado para que as pessoas possam ler um relato preciso e totalmente verdadeiro", refere.

Segundo a editora, o dinheiro das vendas do livro, que será disponibilizado em formato papel, eBook e audiobook, será doado a instituições. Para já, sabe-se que o lançamento do formato em papel será feito primeiro nos EUA, Canadá e Reino Unido — onde se espera algum choque, uma vez que esta é a primeira vez que um membro pertencente à alta estrutura hierárquica da família real escreve um livro de memórias.

A notícia do lançamento do livro surge no rescaldo da entrevista que Harry e Meghan Markle concederam a Oprah Winfrey e através da qual acusaram a família real britânica de negligência e de racismo.

Até à publicação deste artigo, a família real não reagiu à notícia do lançamento do livro de Harry, nem se sabe se algum membro da realeza terá sido informado do lançamento do projeto que, claro, os abordará.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.