Depois de sete anos de relacionamento, a cantora Adele e o marido, o empresário Simon Konecki, anunciaram a sua separação em abril deste ano. A notícia apanhou muitos de surpresa, dado que a intérprete de "Someone Like You" e o companheiro sempre mantiveram uma postura discreta em relação ao casamento de ambos.

Através de um comunicado oficial, o representante de Adele deixou claro que o filho do casal, Angelo, de 6 anos, é a prioridade de ambos: "Adele e o marido estão separados. Estão ambos empenhados em educar o filho em conjunto e com muito amor. Tudo o que pedem é privacidade. Não vão existir mais comentários".

A revista "People" também garante que o menino de 6 anos é o único foco de atenção da cantora neste momento, com uma fonte do círculo social de Adele a afirmar à publicação que Angelo é "tudo para ela". Segundo a mesma fonte, o divórcio não deverá tornar-se confuso, dado que a artista é muito cautelosa em relação ao filho: "Está sempre cinco passos à frente de qualquer decisão que o possa afetar".

Como proteger os seus dados privados quando termina uma relação
Como proteger os seus dados privados quando termina uma relação
Ver artigo

Mas o que levou ao divórcio de Adele e Simon Konecki? O canal "E!" cita uma fonte próxima do casal, que explica o sucedido: "Eles tinham muito em comum no início do relacionamento, mas acabaram por se afastar. Ela foi-se tornando numa estrela cada vez maior, e ele estava bem com o facto de estar em segundo plano — mas enquanto ela crescia como artista e fazia digressões prolongadas e com horários intensos, afastaram-se".

No entanto, a mesma fonte garante ao "E!" que o casamento da cantora e do empresário funcionou durante muito tempo. "Sempre que ela tinha eventos especiais, ele estava ao lado dela — aparentavam estar felizes e apaixonados. Investiram no casamento durante muito tempo até perceberem que, simplesmente, já não estava a funcionar", disse a fonte não identificada ao canal.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.