Tal como os portugueses não podem circular para fora do concelho de residência a partir desta sexta-feira, 26 de março, e até 5 de abril, nem viajar para fora de Portugal, também os turistas estrangeiros estão proibidos de viajar para o País e só serão permitidas viagens essenciais. O esclarecimento foi feito após o governo ter dito à Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) que estrangeiros e emigrantes poderiam circular entre concelhos para chegar aos alojamentos.

Contudo, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, veio clarificar as regras durante o debate de renovação do 14.º estado de emergência que teve lugar esta quinta-feira, 25 de março. "Na próxima semana, para Portugal, não haverá viagens turísticas. Só serão admitidos aqueles que para aqui se deslocam em deslocações essenciais", afirmou o ministro, justificando ainda a razão da medida."São essas as formas de garantir a nossa segurança sanitária, tal como o esforço acrescido de manutenção, até 5 de abril, dos controlos nas fronteiras terrestres".

Restrição inglesa prejudica o Algarve. "Precisamos do turista britânico rapidamente"
Restrição inglesa prejudica o Algarve. "Precisamos do turista britânico rapidamente"
Ver artigo

É por isso que, até indicação em contrário, "os voos do Reino Unido e do Brasil estão suspensos" e estão a ser verificados os que chegam a Portugal "por via indireta" desses países, bem como da África do Sul. O objetivo, de acordo com o ministro, é travar a entrada de novas variantes do SARS-CoV-2 em Portugal.

“Isto ainda não acabou” foi umas das frases que marcou as declarações de Eduardo Cabrita, que revelou que "provavelmente teremos de estar em estado de emergência até fim de maio”.

O novo estado de emergência vai vigorar entre 1 e 15 de abril, cobrindo o período da Páscoa, em que não só os turistas estão impedidos de vir para Portugal, como os portugueses estão limitados ao dever geral de recolhimento domiciliário, mesmo durante a semana. Esta quarta-feira, 24, uma atualização do decreto sobre as restrições do estado de emergência passou de limitar a circulação entre concelhos ao fim de semana para abranger também a semana que antecede a Páscoa.

Conheça todas as medidas que vão vigorar durante este período aqui.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.