Em 1959, a ciência ainda dava os primeiros passos no estudo dos malefícios do tabaco — só mesmo nos anos 60 é que ficaria estabelecida a relação entre o tabaco e o cancro do pulmão. Ainda assim, as mudanças de comportamento não foram imediatas. Por esta altura, fumar ainda era sinal de irreverência, emancipação e liberdade.

Talvez isto ajude a perceber porque é que alguém lançaria um artigo sobre a psicologia por detrás da forma como segura num cigarro. Mas foi exatamente esse o tema de um trabalho publicado na revista para adultos "Caper Magazine", em 1959.

Este artigo foi publicado em 1959 na revista para adultos 'Caper Magazine'

Num artigo que procurava provar uma relação entre a posição do cigarro nas mãos e traços de personalidade, inseguranças e manias, o psicanalista William Neutra teorizou sobre o tema.

As pessoas que metem a ponta do cigarro a arder virada para a palma da mão são o típico milionário do Texas, já as que deixam cair a mão só podem ser inseguras. Descubra o que diz sobre si a forma como segura num cigarro — segundo um artigo de 1959.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.