Um cantor de 39 anos foi encontrado morto num quarto de hotel em Lisboa. Trata-se de um cantor nigeriano da banda Rising Fire, conforme avançou a CMTV. Sabe-se apenas que atuou no festival Afro Nation no passado sábado, 2 de julho, na Praia da Rocha, em Portimão.

A PSP de Lisboa foi chamada pelas 20h06 a um quarto do Vip Grand Lisboa Hotel & SPA, localizado na Avenida 5 de Outubro. Foi encontrado o homem, já em cadáver, tal como confirmaram ao "Observador". As investigações estão a decorrer, embora não haja indícios de crime, garante o mesmo jornal.

Polícia deteve jovem que terá matado seis pessoas em tiroteio em Chicago
Polícia deteve jovem que terá matado seis pessoas em tiroteio em Chicago
Ver artigo

O artista atuou no fim de semana, na segunda edição do festival de música Afro Nation, que decorreu entre 1 e 3 de julho na Praia da Rocha, em Portimão. Este festival teve como cabeças de cartaz Megan Thee Stallion, Chris Brown, Burna Boy, Davido, Wizkid e P-Square.

O cantor estava hospedado no 8º piso do Vip Grand Lisboa Hotel & SPA, de acordo com o que divulgou a CMTV. Segundo dois turistas estrangeiros hospedados no mesmo hotel, em entrevista à mesma televisão, houve "grande aparato na última noite" que envolveu polícia e ambulâncias, por volta da 1 hora da manhã.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.