O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou uma ordem para assegurar a introdução de vistos eletrónicos a partir de 2021, para que os turistas consigam visitar o país mais facilmente. Para já o serviço só está disponível na região este do país, e são apenas 18 os países autorizados a pedir vistos eletrónicos requeridos online. Ainda assim, são boas notícias — quem já planeou uma viagem para a Rússia sabe bem que os vistos são sempre um enorme problema.

Vejamos o que vai mudar: os vistos de curta duração estarão disponíveis durante 16 dias e permitem que as pessoas visitem a Rússia para fins turísticos, económicos e humanitários. A lista de países autorizados a requerer os vistos eletrónicos vai ser preparada pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros, mas as previsões apontam para que a China, Coreia do Sul, Japão, países da União Europeia e Nova Zelândia façam parte da lista.

Ryanair lança promoções relâmpago para voos na Europa já para a primavera
Ryanair lança promoções relâmpago para voos na Europa já para a primavera
Ver artigo

Não está prevista a inclusão do Reino Unido, Canadá e Estados Unidos da América, por motivos políticos. Entre a interferência nas eleições americanas e o envenenamento de um ex-agente russo, Sergei Skripal, e da sua filha Yulia em Salisbury, no Reino Unido, as tensões entre estes países têm piorado ao longo dos últimos anos.

Ao contrário dos vistos atuais para visitar as zonas de Kaliningrad e Este, os vistos eletrónicos para visitar toda a Rússia não serão gratuitos e terão um custo de cerca de 45€.

De van Gogh a Cézanne, os locais reais que inspiraram 13 obras de pintores famosos
De van Gogh a Cézanne, os locais reais que inspiraram 13 obras de pintores famosos
Ver artigo

Com o Mundial 2018, os visitantes não precisavam de vistos para entrar no país, apenas de uma identificação chamada "Fan ID". Isto serviu de exemplo para as medidas que estão agora a ser planeadas para permitir um acesso mais fácil dos turistas ao país. Uma destas facilidades passará por desenvolver uma aplicação para os telemóveis, que vai tornar mais cómoda a requisição dos vistos.

Newsletter

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.