Portugal regista já 52.668 infetados e 1.753 mortos pelo novo coronavírus. São estes os novos dados avançados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) no boletim epidemiológico deste domingo, 9 de agosto. Estes números representam um aumento de 131 infetados e mais seis mortes do que as registadas ontem.

A COVID-19 vive-se a diferentes ritmos por todo o mundo e enquanto em Portugal ainda falta mais de um mês para o regresso às aulas, recomeçam entre 14 e 17 de setembro, noutros países as crianças e jovens já estão a retomar às salas de aulas. Os primeiros na Europa são os estudantes da região de Meclemburgo-Pomerânia Ocidental, no nordeste da Alemanha, que registou poucos casos.

O afeto nunca mais foi o mesmo e a culpa é da COVID-19. Recorde aqui os melhores beijos dos famosos
O afeto nunca mais foi o mesmo e a culpa é da COVID-19. Recorde aqui os melhores beijos dos famosos
Ver artigo

Aqui os alunos não são obrigados a usar máscara nas aulas — apenas quando circulam nos corredores — nem a cumprir um distanciamento físico mínimo. Contudo, vão estar separados por grupos, cada um com a sua área de recreio, cacifos e espaço de refeições, descreve o canal de notícias alemão "DW".

As Nações Unidas já apelaram aos países para abrirem as escolas apenas quando a transmissão do vírus na comunidade esteja sob controlo, de forma a evitar que se repita o mesmo cenário de há meses que causou a “maior disrupção de sempre nos sistemas educativos”, afetando 1,6 mil milhões de alunos, lembrou António Guterres, secretário-geral da ONU, de acordo com o semanário "Expresso".

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.