Na manhã desta quarta-feira, 5 de fevereiro, o parlamento aprovou uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado do PCP, que dá a agregados familiares do primeiro escalão a possibilidade de usufruir de creches gratuitas para crianças.

Os primeiros dias de creche. "As crianças podem sentir-se mesmo abandonadas"
Os primeiros dias de creche. "As crianças podem sentir-se mesmo abandonadas"
Ver artigo

PS, BE, PCP e PAN votaram a favor da medida, que foi aprovada, tendo o CDS, PSD e Iniciativa Liberal optado pela abstenção de voto.

“O PCP defende que as crianças e as famílias em Portugal carecem urgentemente da criação duma rede pública de creches, ou soluções equiparadas, que deve cobrir todo o território nacional”, defende o partido na nota justificativa da medida, que deverá abranger cerca de 56 mil crianças.

Na sequência de o PSD ter mudado o sentido de voto de favorável para a abstenção, a proposta do BE que previa a criação de uma rede gratuita de creches para todas as crianças foi chumbada.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.