Depois de Carolina Santos, uma das co-fundadoras da marca portuguesa Alameda Turquesa, ter acusado Cristina Ferreira de plágio, a apresentadora defendeu-se das críticas através de um comunicado enviado à imprensa.

"Tendo recebido a informação de que a marca Alameda Turquesa, que comercializa produtos na área do calçado, me terá acusado de 'plágio' de um modelo de sandálias, vejo-me na obrigação e no dever de refutar estas acusações, que são falsas e injustas", começou por dizer.

A Alameda Turquesa acusa Cristina Ferreira de plagiar dois modelos de sapatos, na nova coleção da Cristina Collection. Em entrevista à MAGG, Carolina Santos explicou que um dos modelos alegadamente copiados foi um que já teria sido usado pela atriz Sofía Vergara no ano passado. “As sandálias que ela escolheu copiar foram as que foram usadas pela Sofia Vergara o ano passado e foram as mais comentadas na imprensa portuguesa. Ela usou-as, publicou no Instagram e ainda nos identificou. A Cristina foi escolher um modelo que é um ícone da nossa marca e eu acho que isso não tem desculpa. Não encontro justificação para isto”.

A jovem adiantou ainda que a empresa de Cristina Ferreira já tinha sido contactada por um advogado, mas que não obtiveram resposta. “Nós ficamos um bocado incrédulos, eu ainda estou, porque eles foram contactados a semana passada pelo nosso advogado, pediram mais tempo para responder, e ainda não responderam. Hoje, a Cristina apareceu com elas no programa. Portanto, isto parece um bocado provocação. E não percebo porquê, porque nunca ninguém lhe fez mal nenhum”, explicou.

Cristina Ferreira, por sua vez, defende-se dizendo que "todos os produtos da Cristina Collection são concebidos tendo em conta as tendências do mercado e a qualidade dos materiais, pelas mãos de uma equipa que procura por todo o mercado os melhores materiais e conjugações de modelos para construir um produto final de qualidade". E continua: "Tendo o trabalho desta equipa em conta, e também o enorme apoio que já dei e continuo a dar à indústria nacional, não só na área do calçado como em tantas outras, vejo-me obrigada a fazer de tudo, e pelas vias que forem necessárias, para proteger o meu bom nome e o da minha equipa, não só neste caso, como em todos os outros semelhantes que entretanto surgirem", continuou. "É tão gritante a falsidade das acusações proferidas pela marca Alameda Turquesa que bastará fazer uma pesquisa nos sites de várias marcas de calçado para confirmar que há vários modelos semelhantes".

Criadora da marca Alameda Turquesa acusa Cristina Ferreira de plágio
Criadora da marca Alameda Turquesa acusa Cristina Ferreira de plágio
Ver artigo

Cristina Ferreira anunciou ainda que vai recorrer à via "judicial" para "responsabilizar as autoras da acusação do alegado 'plágio' pelos danos que intencionalmente provocaram no meu bom nome e nas marcas 'Daily Cristina' e 'Love Cristina' com estas acusações falsas e graves, que constituem crime de difamação". "Serão igualmente responsabilizados todos os que reproduzirem as falsidades proferidas pela Alameda Turquesa e seus representantes legais com o único objetivo de tirarem proveito à custa da notoriedade do meu nome e das minhas marcas, o que não admitirei”.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.