Cerca de duas centenas de jovens juntaram-se este domingo à tarde, 30 de agosto, no Jardim do Morro, em Vila Nova de Gaia, na sequência de um convívio ao final do dia planeado através das redes sociais. A festa, que decorreu sem distância social e sem máscaras, acabou com várias brigas entre jovens levando à intervenção da polícia já pelas 21 horas, da qual resultou uma detenção e várias pessoas foram identificadas.

Perante a atuação da polícia, os jovens partiram para um “apedrejamento com garrafas e pedras” sob os agentes, tal como revelado pela PSP do Porto ao jornal "Público". Contudo, sabe-se que que nenhum dos agentes sofreu ferimentos.

PSP diz que as testemunhas da morte de Bruno Candé afastam motivações racistas do crime
PSP diz que as testemunhas da morte de Bruno Candé afastam motivações racistas do crime
Ver artigo

O mesmo não se pode dizer dos vários jovens que entraram em desacatos, dos quais resultaram vários feridos, sendo que um deles, de 19 anos, foi mesmo transportado ao Hospital de Gaia, avança o "Correio da Manhã".

Nas redes sociais foram partilhadas várias imagens dos jovens no Jardim do Morro, nas quais é possível ver a violência dos confrontos, cuja razão é ainda desconhecida. 

Os ajuntamentos estão ainda limitados devido à COVID-19 e de acordo com a Direcção-Geral da Saúde (DGS) a utilização de máscara é recomendada sempre que não seja possível manter a distância de segurança.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.