O vice-almirante Gouveia e Melo, coordenador do grupo de trabalho responsável pela vacinação contra a COVID-19 em Portugal, foi recebido na noite deste sábado, 14 de agosto, por alguns manifestantes anti-vacinas à porta do Centro de Vacinação de Odivelas.

"Assassino", era o que gritavam os manifestantes à porta do Pavilhão Multiusos de Odivelas, que esta noite esteve a funcionar até à 01h, e onde foram vacinados jovens de 16 e 17 anos. Aos jornalistas presentes no local, e em resposta aos manifestantes, Gouveia e Melo disse: "O negacionismo e obscurantismo é que são os verdadeiros assassinos", relembrando que desde o início da pandemia já morreram quase 18 mil pessoas em Portugal.

"A vacinação é um ato voluntário. Ninguém obriga ninguém a ser vacinado. Mas já se percebeu o que é que mata, não é a vacina. É o vírus", sublinhou o vice-almirante, citado pelo jornal "Público". 

Gouveia e Melo afirmou que as pessoas "têm direito às suas opiniões", mas "não têm é o direito a impor a sua opinião aos outros". E, quando essa "opinião é imposta já de forma violenta, deixa de ser democracia, portanto têm direito à sua opinião, têm direito a falar uns com os outros, não têm direito a empurrar, não têm direito a condicionar as pessoas e, por isso, é que eu entrei ali pela porta principal", frisou ainda.

Gouveia e Melo considerou que sábado foi um dia "muito positivo" no que diz respeito à vacinação dos jovens

"Já se apresentaram mais de 102 mil jovens e o dia ainda não acabou", informava Gouveia e Melo pelas 22h. "Julgo que jovens na sua juventude já demonstram uma maturidade muito superior ao que está atrás de mim neste momento", afirmou o vice-almirante, referindo-se aos manifestantes que se encontravam à porta do centro de vacinação.

Centros de vacinação de Loures e Odivelas estão abertos até à 1h (e com DJ)
Centros de vacinação de Loures e Odivelas estão abertos até à 1h (e com DJ)
Ver artigo

"Ter conversado com jovens que disseram: 'aqueles senhores andaram a encher-me a cabeça e eu passei pela fila e vim vacinar-me' enche-me o peito de esperança porque o nosso povo, afinal de contas, tem muito mais sabedoria do que a gente possa pensar”, continuou.

Este sábado, 14 de agosto, e domingo, 15 de agosto, estão a ser marcados pela vacinação de todos os jovens com 16 e 17 anos. Além dos que fizeram o auto-agendamento, também os restantes se podem vacinar através da modalidade "Casa aberta" que passou a estar disponível a partir das 22h.

O centro de vacinação de Odivelas foi um dos que permaneceu a funcionar até à 01h com DJ a animar a noite. Quando Gouveia e Melo foi cumprimentar o DJ, este afirmou: "Esta música é dedicada a si". Agradecendo o gesto, o responsável da task-force respondeu: "Dedique esta música não a mim, mas a todo este grupo que anda aqui a vacinar-se".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.