Reconhecida por muitos como "eterna", Eunice Muñoz morreu esta sexta-feira, 15 de abril. A notícia foi revelada pelo filho da atriz à agência Lusa, mas a causa da morte só foi publicamente comunicada horas depois pela TVI.

A atriz que, segundo António Costa, "marcou de forma definitiva o teatro português" deu entrada no Hospital de Santa Cruz, em Lisboa, na passada quarta-feira, 13 de abril. Eunice Muñoz teve uma paragem cardiorrespiratória. "Ainda houve tentativa de reanimação, mas sem sucesso", avança o canal de Queluz de Baixo.

"Tu serás eterna". Portugal despede-se de Eunice Muñoz com palavras de amor
"Tu serás eterna". Portugal despede-se de Eunice Muñoz com palavras de amor
Ver artigo

A data das cerimónias fúnebres de Eunice Muñoz ainda não é conhecida, mas o Governo já confirmou que vai decretar luto nacional no dia do funeral da atriz. O anúncio foi feito pelo ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, em declarações à Lusa, citadas pelo jornal "Observador".

"O Governo, em articulação com o presidente da República, vai decretar luto nacional no dia do funeral de Eunice Muñoz", afirmou. "Neste momento devemos-lhe o mesmo aplauso que sempre lhe oferecemos, um aplauso de certa forma eterno", acrescentou, considerando um "privilégio para Portugal e para os portugueses" ter uma atriz como Eunice Muñoz.

À semelhança do ministro da Cultura, também Ruy de Carvalho, Nuno Santos, Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira homenagearam a atriz, que tinha 93 anos e oito décadas de carreira, através de palavras de amor e admiração.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.