"Quando Nós Formos Velhinhos", tema de Rogério Charraz, juntava Eunice Muñoz e Ruy de Carvalho no mesmo videoclipe. Os decanos do teatro português davam vida a um casal de apaixonados, que dançava num palco. E foram essas imagens que o "irmão" de Eunice usou para assinalar a sua partida, esta sexta-feira, 15 de abril. "Esta foi a última vez que dançámos juntos. Minha irmã, minha amiga, partiste sem me despedir. Tu serás eterna", escreveu Ruy de Carvalho.

António Costa partilhou uma imagem da última atuação de Eunice Muñoz, em novembro de 2021, salientando o contributo da atriz de 93 anos para a cultura portuguesa. "Eunice Muñoz marcou de forma definitiva o teatro português, trabalhando com os mais importantes encenadores e companhias, sem nunca deixar de se renovar, de se reinventar, de conquistar gerações sucessivas. A comunhão com o público foi uma constante ao longo da sua carreira, crente de que o teatro só faz sentido se for feito em função dos outros. Eunice, muito obrigado por tudo o que fez pelo teatro e pela cultura portuguesa", escreveu o primeiro-ministro.

Nuno Santos, diretor de informação da TVI e da CNN Portugal, fez questão de salientar o facto de a atriz ter trabalhado praticamente até ao fim da vida. "Eunice Muñoz viveu uma vida no palco e morreu no palco. Mesmo frágil representou (quase) até ao fim. Era uma dessas actrizes de corpo inteiro, camaleónica, apaixonada pelo que fazia. Tinha prazer na sua arte, mas lembro-me - por meia dúzia de conversas e inúmeros relatos - que nunca facilitava. Era uma profissional. Gostava de ensinar e estava constantemente a aprender", escreveu o responsável da estação de Queluz de Baixo.

"A televisão, que sempre visitou, deu-lhe uma segunda vida já numa idade avançada. Tal fez dela uma actriz muito popular e transversal. A TVI, onde sempre esteve nos últimos 20 anos, deve-lhe muitos e bons serviços. Curvo-me respeitosamente perante a sua memória. Guardo e guardamos todos o seu talento, felizmente eternizado em inúmeros registos", escreveu ainda Nuno Santos.

Cristina Ferreira escreveu apenas "a maior" numa imagem de Eunice Muñoz. Daniel Oliveira recordou a entrevista concedida pela atriz ao "Alta Definição", destacando a frase "a velhice não toma conta de mim". "Será eterna e todas as palavras serão poucas para contá-la.", escreveu o diretor geral de Entretenimento do grupo Impresa.

Morreu Eunice Muñoz. Veja as fotos do último trabalho da atriz
Morreu Eunice Muñoz. Veja as fotos do último trabalho da atriz
Ver artigo

Diogo Infante partilhou um longo texto de homenagem à colega de palco, em que lamentou não lhe ter ligado. "Eunice…estou tão triste. Ando para lhe ligar há vários dias e depois mete-se uma coisa e outra. Quando a Lídia me ligou, algo em mim pressentiu. Estou desolado, devia ter ligado. Para ouvir o seu fio de voz a perguntar, como estás? O telefone já começou a tocar. Querem reações mas eu não consigo falar… é como se não falando não tivesse acontecido, percebe não é? Pensamento mágico… Se eu guardar os anéis, talvez ela volte…Mas verdadeiramente a Eunice não partiu, porque é eterna. O seu lugar há muito que está reservado nos anais da história. A maior atriz Portuguesa de todos os tempos! Eunice. Obrigado por tudo, sobretudo pelo enorme privilégio de ter feito parte da minha vida…", escreveu o ator.

Manuel Luís Goucha que, no seu programa das tardes da TVI, vai homenagear Eunice Muñoz, recordou o percurso da veterana da representação. "Foi Fedra, Joana d'Arc, Sarah, Zerlina ...Mãe Coragem, Dama das Camélias, Madame...contudo, dizia-se mulher como outra qualquer. Foi (que digo eu?)... É ... a Senhora das palavras e dos silêncios. Ah! Os silêncios de Eunice... neles cabem o riso, a angústia, a contemplação.. Os seus gestos trazem a brisa e o ciclone. Que EUNICE esteja no Olimpo dos maiores, Junto a Ribeirinho, Estêvão Amarante, Carmen Dolores...e Amélia Rey-Colaço, a mestra que dela dizia não conhecer outrem tão genial. Estará junto da sua troupe, a da mãe Mimi e do pai Hernâni. E do Deus em que sempre acreditou, grata pela graça com que nasceu, essa de nos tocar. Para sempre. Obrigado Eunice", escreveu o apresentador da TVI.

Nuno Markl partilhou a passagem de Eunice Muñoz pelos diretos de Instagram "Como é Que o Bicho Mexe", que aconteceu a 25 de abril de 2020.

Vários nomes ligados à política, desde o presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, a Rui Tavares, líder do Livre, prestaram a sua homenagem nas redes sociais.

Segundo avança a RTP, o governo vai decretar o dia do funeral de Eunice Muñoz dia de luto nacional.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.