Aconteceu às 20 horas desta segunda-feira, 25 de maio. A Polícia de Segurança Pública (PSP) foi chamada a Loures depois de ter recebido a denúncia de uma criança de quatro anos perdida na via pública. A criança foi encontrada a andar sozinha na rua Professor Egas Moniz, em Loures, por vários moradores, que terão feito a chamada para a polícia.

Uma vez chamada ao local, a PSP ficou, ainda que temporariamente, com a custódia da criança até ser possível localizar a mãe. Depois de encontrada, ainda nesta segunda-feira, o que os agentes viram foi uma pessoa com indícios de estar alcoolizada e que, quando confrontada com o abandono, se recusou a aceitar a filha de volta.

Caso Valentina repete-se na Florida. Mãe que chorou o rapto do filho de 9 anos acusada de o matar
Caso Valentina repete-se na Florida. Mãe que chorou o rapto do filho de 9 anos acusada de o matar
Ver artigo

A mãe da criança foi automaticamente detida e levada para a esquadra da PSP de Loures para ser constituída arguida pelo crime de exposição ao abandona, segundo escreve o "Correio da Manhã". Na manhã desta terça-feira, 26 de maio, a mulher terá de se apresentar ao tribunal.

No entanto, haverá também indícios de maus tratos, facto que terá levado a criança a ser levada para o hospital Beatriz Ângelo, também em Loures, para ser observada. 

Depois de libertada da esquadra da PSP, a mulher negou ter abandonado a criança e alegou que esta saiu de casa para comprar gomas, em declarações ao mesmo jornal.

Neste momento, não se sabe quem ficará com a custódia provisória da criança.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.