O rapper David Mota, 28 anos, estava desaparecido desde o dia 15 de março. Esta terça-feira, 19 de maio, o corpo do artista foi descoberto numa zona de mato, em Sesimbra, já num elevado estado de decomposição. David Mota terá morrido depois de ser torturado por assaltantes, que alegadamente o forçaram a dizer onde tinha tinha dinheiro e ouro escondido, depois de ter sido atraído para uma emboscada. Este terá sido, aliás, o motivo do ataque, já que no momento em que foi raptado, o rapper usava peças em ouro no valor de milhares de euros.

No dia seguinte ao seu desaparecimento, aproveitando que a mãe e a irmã estavam na polícia a prestar declarações, os assaltantes entraram na casa da família com a chave de David Mota, e levaram todo o dinheiro que encontraram no apartamento.

Corpo do rapper David Mota encontrado em Sesimbra. Já se conhece o motivo que levou à morte
Corpo do rapper David Mota encontrado em Sesimbra. Já se conhece o motivo que levou à morte
Ver artigo

Quanto ao corpo do artista, será difícil obter provas consistentes na autópsia. Para além do grau de decomposição em que o cadáver se encontrava quando foi descoberto pelas autoridades, este foi devorado por animais selvagens, sendo javalis a aposta mais segura, refere o "Correio da Manhã".

A Polícia Judiciária continua a investigar o crime, mas já deixou de lado a hipótese de se tratar de uma guerra de rappers. Apesar de existirem conflitos conhecidos, com David Mota envolvido, todas as pistas apontam para outro cenário. No entanto, familiares e amigos não têm dúvidas que o crime foi planeado ao detalhe, e que os próprios amigos do rapper podem ter sido usados para chegar ao artista.

"Tinham as informações todas. Tudo o que era preciso para fazer. E usaram as pessoas certas para chegar a ele", afirmou Éder, um colega da vítima, em declarações à CM TV, que também falou de um alegado amigo de David Mota que se encontra desaparecido. "Neste momento, é essa a grande dúvida. O tal amigo que está desaparecido. Eu, pessoalmente, não o conheço. Mas a minha esperança está nesse tal amigo que está desaparecido."

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.