Um autocarro repleto de passageiros despistou-se na A1 na manhã deste sábado, 21 de maio.  Há 3 vítimas mortais, duas delas ainda encarceradas, adiantou à comunicação social Carlos Tavares, da Proteção Civil. Há também quatro feridos graves que foram transportados para hospitais próximos do local do acidente.

Há 120 operacionais no terreno, entre bombeiros e elementos do INEM, oriundos de várias cidades daquela zona. Foi também acionado um helicóptero para transporte de feridos graves. O autocarro, adiantam a CNN Portugal e a CMTV, saiu de Guimarães e tinha como destino o Santuário de Fátima.

O autocarro ter-se-á despistado pouco depois das 9h da manhã, galgado o separador central, saindo depois da autoestrada e indo embater contra um poste de eletricidade. De acordo com o porta-voz da GNR, a parte da frente do veículo está "compactado" e há ainda pessoas encarceradas. A A1 encontra-se neste momento cortada em ambos os sentidos.

Em declarações à comunicação social, uma passageira avançou que, para conseguir sair do autocarro, partiram o vidro. "Foi muito rápido, não dá para explicar".

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.