A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) está a um dia de acontecer em Lisboa e, devido à cidade acolher este evento, várias restrições à circulação rodoviária foram impostas pela autarquia. Contudo, há algumas exceções que deve ter conta se habita ou trabalha nas zonas em volta aos principais locais que vão ser palco desta grande celebração.

A Câmara Municipal de Lisboa já tinha anunciado, durante este mês, um plano de mobilidade que incluía três perímetros relacionados com a circulação nesta cidade, durante os dias 1 a 6 de agosto. A chamada zona vermelha é a área que apresenta uma “restrição absoluta” da circulação, porém a zona amarela apenas revela alguns condicionamentos, que podem ser ultrapassados se for residente ou trabalhador nesta área.

Estações encerradas e circulação interdita. Guia para sobreviver à confusão de Lisboa durante a JMJ
Estações encerradas e circulação interdita. Guia para sobreviver à confusão de Lisboa durante a JMJ
Ver artigo

De 1 a 4 de agosto, as restrições da zona amarela vão abranger as zonas do Cais do Sodré, Rua D. Pedro V, Praça Príncipe Real, Largo do Rato, Avenida Miguel Torga, Avenida Calouste Gulbenkian, Praça de Espanha, Avenida da República, Largo Dona Estefânia, Martim Moniz, Largo da Graça e Santa Apolónia.

De 5 a 6 de agosto, as restrições que pertencem à zona intermédia de circulação vão fazer-se na Avenida de Berlim, Avenida Dr. Francisco Luís Gomes, Praça José Queiroz, Avenida Dr. Alfredo Bensaúde e ainda na Estrada da Circunvalação.

Neste sentido, se for residente destas áreas deverá apresentar às autoridades, se for pedido, um comprovativo de morada, que pode ser a carta de condução ou então uma carta de algum serviço da sua residência, como a eletricidade ou internet. No caso de trabalhar por esta zona, deverá pedir uma declaração à entidade patronal para conseguir circular livremente por estas ruas.

A autarquia também estipulou novos horários de circulação para cargas e descargas, que se efetuam entre a meia-noite e as 07h, com exceção de medicamentos urgentes, carrinhas de valor, segurança privada ou outros veículos devidamente validados no local pela Polícia de Segurança Pública (PSP). No caso do comércio, todos os estabelecimentos terão de ser abastecidos entre as 07 e às 10h e depois entre a meia-noite e as 07h.

Os transportes abaixo das 3,5 toneladas também sofrem algumas restrições de horários na sua circulação, podendo apenas circular entre as 07 e as 10h. Além deste tipo de veículos, a circulação rodoviária nesta zona pode também ser efetuada por quem apresenta avenças de parques de estacionamentos públicos e ainda por TVDE, tuk-tuks e transportes públicos, como táxis ou autocarros da Carris.

O evento que junta os jovens com o Papa Francisco vai decorrer em vários pontos emblemáticos da cidade de Lisboa. Parque Eduardo VII, Parque Tejo-Trancão, onde foi construído o altar palco para receber o chefe máximo da Igreja Católica, e ainda o Passeio Marítimo de Algés são alguns dos espaços que vão receber os milhares de peregrinos para celebrar a fé cristã.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.