Está a caminho de Portugal o Lanterns Fest ou, melhor dizendo, o festival das lanternas que é também o maior da Europa. O nome não é ao acaso, uma vez que vão ser mais de duas milhões de luzes ligadas para celebrar o Natal numa altura em que o surto da COVID-19 ainda deverá estar ativo em comunidade. E porque o evento acontece sempre em regime de Drive-In, nunca tem de sair do carro.

Embora a localização do evento ainda seja surpresa, já se sabe que as luzes vão ser ligadas entre 14 de novembro e 10 de janeiro. E vai acontecer assim: ao longo de um quilómetro inteiro de estrada, aqueles que visitarem o evento vão poder ver mais de duas milhões de luzes de Natal ligadas ao mesmo tempo e sincronizadas para efeitos de luz surpreendentes.

Estudo. Como o cérebro reage à alegria do Natal
Estudo. Como o cérebro reage à alegria do Natal
Ver artigo

O conceito é inspirado numa "técnica milenar de criar cenários de sonhos inspiradas nas lanternas chinesas", explica a organização. E porque vai acontecer em plena pandemia, o circuito só pode ser feito de carro e nunca a pé.

Para poder fazer parte da festa, basta registar-se no site oficial do evento e estar atento à abertura das inscrições para que possa estar presente e encher o feed de Instagram de luzes natalícias.

O valor ainda não é conhecido, mas sabe-se que a inscrição é por veículo e não por pessoa. Os veículos permitidos são todos os ligeiros, correspondentes às classes 1 e 2, motas e mini-bus.

No entanto, a organização refere que não estão permitidas limousines, bicicletas, trotinetes ou autocarros. Já os carros elétricos terão um desconto direto na compra do bilhete.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.