Invasão de privacidade, controlo, ciúmes e ameaças. Tudo isto são comportamentos que telespectadores e figuras públicas dizem identificar na relação de Bruno de Carvalho e Liliana Almeida, no novo "Big Brother Famosos". O ex-presidente do Sporting tem vindo a ser acusado de praticar violência física e psicológica contra a namorada e as queixas já chegaram mesmo à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV).

Bronca no "BB Famosos". Carolina Deslandes, Pipoca e Madalena Abecasis exigem expulsão imediata de Bruno de Carvalho
Bronca no "BB Famosos". Carolina Deslandes, Pipoca e Madalena Abecasis exigem expulsão imediata de Bruno de Carvalho
Ver artigo

Várias figuras públicas, incluindo a comentadora oficial das galas do "Big Brother Famosos", Ana Garcia Martins, exigem a expulsão imediata do empresário, mas as críticas já não são apenas dirigidas ao concorrente. E Catarina Furtado critica mesmo a televisão nacional.

"As princesas de hoje têm de ter a liberdade de serem donas das suas vidas! Temos de ser vigilantes e agir em comunidade quando isso não acontece. Na minha opinião a televisão tem a obrigação de impor limites quando os direitos humanos são violados. Já temos informação suficiente do que não pode ser permitido", escreveu a apresentadora da RTP, na sua conta oficial de Instagram.

"O entretenimento oferece diferentes formatos que interessam a diferentes públicos, mas é obrigatório que nos tempos atuais respeitem valores. Não vale tudo pelas audiências. Tenho tido o privilégio de escolher os programas que apresento ou que desenho, fruto de um caminho nem sempre fácil, onde os NÃOS que dei foram determinantes para a liberdade que hoje vivo", lê-se.

Recorde-se de que os comportamentos do ex-presidente do Sporting têm sido alvo de críticas ao longo do decorrer do programa, mas esta sexta-feira, 11 de fevereiro, vários espectadores garantem ter assistido à gota de água. Nas imagens divulgadas pela TVI, agora virais nas redes sociais, surge um diálogo íntimo entre Bruno de Carvalho e Liliana Almeida, no qual o empresário agarra a nuca da namorada contra a sua vontade.

"Eu não te estou a agarrar"

"Gosto de ti, estou-me a sentir mal", diz o concorrente, enquanto segura a cabeça de Liliana, que não tardou a manifestar desconforto e pedir que a largasse. "Eu não te estou a agarrar", diz, por sua vez, Bruno de Carvalho, mantendo a mão no mesmo sítio.

As imagens estão a provocar uma onda de críticas não só face ao comportamento do concorrente, mas à alegada inércia do canal de televisão, que ainda não se pronunciou sobre o assunto nem expulsou Bruno de Carvalho da casa do "Big Brother". Ana Garcia Martins, Madalena Abecassis ou Carolina Deslandes estão entre as mulheres que já condenaram publicamente o caso, que está a ser encarado como um incidente de violência psicológica e física pelos telespectadores.

Neste sentido, nasceu também um movimento online que exige expulsão imediata do concorrente, #RuaBrunoDeCarvalho, e que está a circular pelas redes sociais e a ser publicado em páginas como as de Cristina Ferreira, acionista e apresentadora do canal.

Também a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) já confirmou que recebeu várias queixas em relação ao caso, mas garante que não vai tecer comentários.

No Twitter, os internautas garantem estar à espera de que o concorrente seja punido ou mesmo expulso durante a gala deste domingo, 13 de fevereiro, mas afirmam que a intervenção "já vem tarde".

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.