Cristina Ferreira já comunicou à Comissão Nacional de Valores Mobiliários (CMVM) a intenção de comprar 2,5% da Media Capital, empresa detentora da TVI. A apresentadora, que é também diretora de Ficção e Entretenimento da Estação, torna-se assim administradora com direito de voto.

A 4 de setembro, a Prisa (empresa espanhola ainda oficialmente dona da Media Capital) tinha comunicado a venda de 64,47% do capital a investidores privados por 36, 85 milhões de euros. Fazendo as contas, os 2,5% comprados por Cristina Ferreira terão custado cerca de 1,5 milhões de euros.

“Comunica-se que a DoCasal Investimentos (DCI) é detida maioritariamente pela sua sócia Cristina Maria Jorge Ferreira, pelo que quaisquer direitos que sejam ou venham a ser imputáveis à DCI serão igualmente imputáveis à referida sócia, por conta de quem esta comunicação é igualmente efetuada”, pode ler-se em comunicado enviado à CMVM.

A intenção de se tornar acionista foi manifestada aquando a saída da SIC, em julho passado.

Negócio fechado: Cristina Ferreira, Tony Carreira e Pedro Abrunhosa são acionistas da dona da TVI
Negócio fechado: Cristina Ferreira, Tony Carreira e Pedro Abrunhosa são acionistas da dona da TVI
Ver artigo

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.