Um mês depois da morte do irmão, Filipa Lemos esteve à conversa com Diana Chaves e João Baião nas manhãs da SIC. Por videochamada, a partir da Cidade do México, a cantora recordou o irmão Tony Lemos, também ele fundador dos Santamaria.

João Baião começa por admitir que a conversa "não vai ser fácil". A vocalista da banda confessa que tem vivido um dia de cada vez, com a "maior tranquilidade" possível. Diana Chaves questiona Filipa sobre a continuidade dos Santamaria. "Vai ser sempre uma caminhada muito diferente e dura, difícil sem a presença dele". A cantora relembra que o caminho no mundo da música começou há 23 anos e que a primeira apresentação da banda em televisão foi num programa apresentado por João Baião.

Morreu o fundador dos Santamaria. António Lemos tinha 48 anos e ia ser pai pela terceira vez
Morreu o fundador dos Santamaria. António Lemos tinha 48 anos e ia ser pai pela terceira vez
Ver artigo

A artista revelou que vão antecipar o lançamento uma nova música, a última que Tony compôs antes de morrer, juntamente com a filha e sobrinha dos músicos. "Com esta situação do covid, tenho divido a minha vida entre Portugal e a cidade do México. Estive muitos meses presa aqui [México], e aquilo que aconteceu é que estive seis semanas, em Portugal, no verão, a trabalhar basicamente para os Santamaria. Estive muito perto com ele, sobretudo em estúdio, e este é um tema que ele me apresentou, composição feita por ele já há algum tempo", relata.

Filipa Lemos garante que a banda não vai acabar: "Sempre fui uma mulher de força e agora a minha missão é, sobretudo, ir à guerra por mim e por ele", garante. A vocalista dos Santamaria faz ainda questão de elogiar o apresentador do "Casa Feliz". "O meu irmão tinha um coração como o teu, João. Era um coração de ouro (…) Às vezes as pessoas que são excecionais na vida partem por algum motivo, para cumprirem com uma missão diferente", desabafa a artista.

Estas palavras emocionaram João Baião, que não conteve as lágrimas. "Lembro-me sempre de todos os programas que partilhámos juntos de estar sempre na brincadeira e lembro-me sempre que o Tony era o mais discreto, o mais reservado. Mas lá estava ele sempre com um sorriso, muito simpático. Por isso é que me custou muito tudo isto e mando-te daqui um grande abraço", disse o apresentador.

Tony Lemos foi encontrado sem vida em casa a 13 de outubro. O músico de 48 anos era casado, tinha dois filhos e ia ser pai pela terceira vez.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.