Duas contas de Twitter estão a acusar Justin Bieber de assédio sexual que terá acontecido entre 2014 e 2015. O cantor negou as acusações também na mesma rede social e mostrou provas de que os factos não correspondem à verdade.

Uma das contas era anónima e já não se encontra ativa e uma segunda está online e não é anónima. Justin Bieber respondeu prontamente às acusações dizendo: “Não existe nenhuma verdade nesta história”. O porta-voz do cantor foi também questionado mas esclareceu que não dava informação nenhuma para além dos tweets que o artista tem vindo a fazer. Bieber explicou que iria trabalhar com as autoridades no caso, uma vez que afirmações de abuso sexual devem “ser levadas em conta com muita seriedade”.

A conta que ainda permanece ativa pertence a uma mulher chamada Danielle que acusa Justin Bieber de assédio sexual em março de 2014, quando o cantor esteve em Houston, no estado do Texas. Danielle explicou que o artista a convidou com mais duas amigas para o hotel onde alegadamente estava hospedado e que os abusos ocorreram no quarto.

Justin Bieber emocionado em evento: “Nem sequer acho que devesse estar vivo”
Justin Bieber emocionado em evento: “Nem sequer acho que devesse estar vivo”
Ver artigo

A mulher não terá explicado o acontecimento a ninguém durante anos, e que só agora o terá feito juntamente com várias sessões de terapia. Danielle acrescentou que só agora tornou pública a história depois de ver que um ator americano estaria a ser acusado do mesmo crime. Estes tweets já foram entretanto apagados.

Justin Bieber quis mostrar a sua inocência e explicou no Twitter, depois de ter falado com a mulher e com a equipa, que nada disto aconteceu. Explicou que no dia do tal concerto estava com a namorada da altura, Selena Gomez, e que não ficou em nenhum hotel mas num AirBnB. O artista também partilhou um recibo que alegando ter jantado no restaurante do hotel Four Seasons um dia depois das acusações de abusos. A juntar a isto, Bieber partilhou também recibos e emails que dão como provado que ficou numa casa alugada e não no hotel em questão.

Apesar de se ter defendido de uma acusação de abuso sexual, o cantor não respondeu às segunda que dá conta de assédio por parte de Bieber num hotel em Nova Iorque, em maio de 2015.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.