Foi apenas há três semanas, a 8 de janeiro, que os duques de Sussex anunciaram a intenção de abdicar dos títulos reais e "trabalhar para ter independência financeira". Desde então que a família real tem tentado decidir qual a melhor forma de Harry e Meghan Markle se afastarem da família real e uma das primeiras decisões da rainha Isabel II foi a de dar permissão para que vivessem no Canadá.

Os duques tinham expressado essa intenção no comunicado divulgado na altura e a rainha aceitou mesmo a proposta, estabelecendo apenas que a mudança seria feita num período de transição, “no qual os Sussex passarão tempo no Canadá e no Reino Unido”, conforme o comunicado divulgado depois de uma reunião a 13 de janeiro entre a rainha, os netos Harry e William e o filho Carlos.

Contudo, a transição ainda não foi concluída e Kate Middleton já sente falta do cunhado. De acordo com a  revista "Us Weekly" a duquesa de Cambridge está preocupada com a possibilidade de a relação com Harry ser prejudicada depois da mudança para o Canadá.

5 grandes polémicas de Meghan Markle desde que entrou na família real britânica
5 grandes polémicas de Meghan Markle desde que entrou na família real britânica
Ver artigo

Uma fonte revela à mesma revista que Kate chega mesmo a chorar: "Ela sente falta dele e teme nunca mais estar perto dele novamente". Isto porque o relacionamento piorou desde que os duques de Sussex comunicaram a saída da família real e desde então que "eles não podiam estar mais separados", diz a fonte. Diz ainda que esta situação tem afetado o descanso e o sono de Kate, não só pela parte emocional, como também pelo facto de, depois do afastamento dos duques de Sussex, Kate e William terem ficado sobrecarregados com trabalho. "[Kate] está realmente preocupada com o facto de como vai conseguir lidar com a carga de trabalho extra, estando no topo da vida familiar", diz a fonte, referindo-se aos cuidados com os três filhos dos duques — príncipe George, princesa Charlotte e príncipe Louis.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.