Inês Rochinha deu o nó com Tomás Valbom na passada sexta-feira, 6 de maio. A influenciadora digital estava noiva desde novembro de 2020, mas, devido à pandemia, o casal decidiu adiar a cerimónia, que decorreu no Solar de Pancas, em Alenquer. Marido e mulher rumaram à lua de mel.

O destino? Zanzibar, arquipélago na costa da Tanzânia, país do continente africano. Banhadas pelo mar Índico, estas ilhas destacam-se pelas praias paradisíacas, onde a areia é branca e o mar a verdadeira definição de "azul". Para lá chegar, Inês e Tomás embarcaram em 12 horas de voo, com uma paragem no Dubai.

Influenciadora Inês Rochinha já se casou. Veja as primeiras imagens do casamento (e do vestido incrível)
Influenciadora Inês Rochinha já se casou. Veja as primeiras imagens do casamento (e do vestido incrível)
Ver artigo

Através do Instagram, Inês Rochinha tem partilhado algumas imagens e vídeos da sua chegada ao paraíso, como intitulou. Para já, não sabemos se temos mais inveja dos aspetos culturais, dos alimentos que parecem esculpidos ou da praia da qual dificilmente nos tirariam.

Os noivos estão hospedados no Zuri Zanzibar, um hotel de cinco estrelas que disponibiliza bungalows, suites e villas, situadas num jardim tropical a poucos passos da praia. A 50km do aeroporto, este resort cujo título se traduz para "Lindo Zanzibar" promete "tranquilidade" e "paz" aos seus hóspedes. O preço por noite, para duas pessoas, começa nos 400€.

Com três restaurantes e quatro bares, apostam numa fusão entre as cozinhas africana, europeia, indiana e árabe. Das aulas de ioga às de meditação e do ginásio à piscina, o Zuri Zanzibar parece oferecer a acalmia de que os recém-casados tanto necessitam.

Não vão faltar camas de rede, chapéus de palha ou espreguiçadeiras para ajudar a desfrutar do calor (sendo que a temperatura mínima costuma ser de 25ºC e a máxima ultrapassar os 30ºC). Para a estreia, Rochinha utilizou um biquíni verde-lima da marca portuguesa Kalimera Collection, bem como um colar dourado da marca própria, a "By Inês Rochinha".

A criadora de conteúdos digitais e o Senior Operations Manager da Uber Eats aproveitaram para conhecer o lado mais cultural de Zanzibar. Passaram por Stone Town, o centro histórico da cidade, que, tal como o nome indica, foi maioritariamente construída em pedra. Berço de Freddie Mercury (cuja casa onde nasceu foi convertida num museu, como contou Inês), Stone Town é Património da Humanidade da UNESCO.

Conta com influências das culturas árabe, inglesa e também portuguesa, explicadas pelo facto de a Tanzânia ter sido invadida por estes povos no passado, sendo que só conquistou a independência em 1963. Rochinha tem passado pelos locais marcados pela escravidão, incluindo um dos "maiores mercados árabes de escravos", encerrado em 1873.

"Dá que pensar nos contrastes sociais e como tantas pessoas sofreram com as consequências da colonização. Nós realmente vivemos em privilégio. Conservemos a liberdade e a união", escreveu, no Instagram. A influencer mostrou ainda aos seguidores algum do comércio local e também a arquitetura caraterística.

As refeições do par também têm sido divulgadas. O almoço foi no The Rock Restaurant, nada mais nada menos do que uma pequena cabana assente em rochas, à beira mar. Especializado em marisco, este restaurante que parece flutuar nas águas turquesas da praia Michamvi Pingwe apenas tem acesso pela água — a pé em marés baixas, de barco em marés mais altas.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.