Esta quarta-feira, 7 de abril, Pedro Alves foi um dos convidados do programa "Cristina ComVida", da TVI. O ator, que vai fazer parte do elenco da novela "Festa é Festa", não conteve as lágrimas ao recordar a batalha que o filho mais velho enfrentou contra uma leucemia muito agressiva.

João, agora com 17 anos, enfrentou uma leucemia e saiu vitorioso. "O meu mais velho, o meu herói. Tenho uma grande história com este miúdo", começou por dizer Pedro Alves a Cristina Ferreira no momento em que recebeu uma carta do filho em direto.

João Paulo Rodrigues é aposta da RTP1 para as noites de sábado. "Este programa vive da música"
João Paulo Rodrigues é aposta da RTP1 para as noites de sábado. "Este programa vive da música"
Ver artigo

A doença foi diagnosticada quando João tinha apenas 9 anos e o ator revelou à apresentadora que o que o fez não perder as forças durante aquela batalha foi nunca deixar de acreditar acreditar desde o primeiro minuto. "Só falas disto porque queres dar esperança a muitas famílias que podem estar a passar pelo mesmo", acrescentou a diretora de entretenimento e ficção da TVI.

Conhecido também por Zeca Estacionâncio, personagem cómica que se junta a Quim Roscas, interpretada por João Paulo Rodrigues, o ator explica ainda que esta doença é "menos comum nas crianças". "Foi muito complicado, é a doença mais mortífera de todas", acrescentou.

Quando soube que o filho havia sido diagnosticado com leucemia, em 2013, Pedro encontrava-se em Vizela, prestes a subir a palco para um espetáculo. "Aquela hora e meia de espetáculo foi uma preparação mental, estive meio desligado do assunto. Fiquei ali a formatar aquilo. Acabei o espetáculo, fiz um grande espetáculo", revelou.

Decorridos cinco anos após aquele momento, o intérprete resolveu regressar àquela cidade para fazer outro espetáculo e assinalar a vitória do filho, que estava na plateia a assistir.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.