Estávamos em meados de maio quando, em entrevista, a cantora Taylor Swift se recusou a responder à questão de um jornalista da agência de notícias alemã Deutsche Press-Agentur. O jornalista perguntou se com o aproximar do aniversário da cantora, em dezembro, estaria nos planos de Taylor Swift vir a ser mãe "um dia". A cantora recusou comentar por achar que aquela pergunta só estava a ser feita por ser mulher. "Não acho que os homens seriam confrontados com esta pergunta se estivessem a caminho dos 30 anos. Por isso, não vou responder", comentou.

Não é, portanto, a primeira vez que a artista critica publicamente aquilo que geralmente é esperado das mulheres em sociedade. E voltou a fazê-lo, desta vez na última edição da revista "People" — a mesma publicação que considera Taylor Swift uma das quatro Personalidades do Ano.

Em conversa, a cantora é assertiva: "Somos mais do que incubadoras. Quanto mais vezes as mulheres forem capazes de falar sobre o desconforto que sentem em situações sociais, mais se começará a normalizar a ideia de que esse tipo de perguntas são rudes."

Vítima de violência sexual, Marcella espalhou cartazes na Faculdade de Letras
Vítima de violência sexual, Marcella espalhou cartazes na Faculdade de Letras
Ver artigo

No entanto, e embora conceda que se esteja a assistir a uma mudança no paradigma, a cantora diz que "ainda vai demorar algum tempo até que as pessoas entendam isso."

E continua: "É bom podermos dizer: 'Hey, só para que saibas, nós somos mais do que incubadoras. Não tens de fazer uma pergunta dessas só porque alguém se encontra a meio dos seus 20 anos e é mulher."

Ainda à revista "People", Taylor Swift diz admirar todos aquelas que têm feito valer a sua voz para fazer passar a mensagem de que envelhecer não é assustador, nem deve ser motivo de vergonha. "Gosto mesmo muito que existam várias vozes no mundo a fazerem-se ouvir sobre o facto de envelhecer não ser um caminho lento para a irrelevância, morte e decadência."

Taylor Swift partilha o prémio de Personalidade do Ano com Michelle Obama, Jennifer Lopez e Jennifer Aniston.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.