Vai na volta e há ainda quem ande a desenterrar fatias de bolo Rei do Natal do congelador para umas torradas matinais, mas este mês é tempo de mudar o tipo de bolo que se come de manhã ou na sobremesa do almoço de Páscoa, a 17 de abril. Os folares mais típicos são diferentes de norte a sul do País, mas há outros menos tradicionais, mas com técnicas e ingredientes ancestrais, como lhe vamos mostrar.

Falamos dos folares feitos com fermentação natural ou lenta, isto é, a massa fica a fermentar durante várias horas para que isso resulte num folar mais leve, duradouro e saboroso — o que se deve ao facto de ficar a apurar durante mais tempo, com calma.

Folares da Páscoa e do País inteiro. Conheça os 5 mais tradicionais de Portugal
Folares da Páscoa e do País inteiro. Conheça os 5 mais tradicionais de Portugal
Ver artigo

O que pode ser menos devagar é o tempo que leva a devorar os folares de Páscoa, porque lá por serem mais naturais, logo, mais saudáveis, não quer dizer que não são igualmente tentadores. Basta ver o exemplo da padaria artesnaal ama_ssar, que tem um folar de chocolate e avelãs, e do Pão do Beco, com um folar a pedir um pedaço de manteiga.

É altura de escolher um folar feito lentamente (mas sem demoras a encomendar).

1. Gleba

Bolo de Páscoa
Bolo de Páscoa créditos: divulgação

A Gleba tem sempre novidades a rigor com as épocas festivas. No Natal é o famoso panettone e esta Páscoa é um Bolo de Páscoa, no qual brilham dois ingredientes: amêndoa e o chocolate. Demora 36 horas a ser feito através do habitual processo de fermentação natural usado pela padaria, mas não se promete que dure tanto, e a culpa é do miolo húmido e fofo, mais digerível, que resulta desta técnica.

Além do bolo, são também apresentadas cookies de amêndoa da Páscoa, feitas com manteiga, farinha de trigo do Alentejo, amêndoas torradas e casca de limão e laranja — sabores tradicionais desta época.

O Bolo de Páscoa custa 24,99€ e as cookies têm o valor de 1,10€ por unidade. Pode comprar entre 8 e 22 de abril nas lojas da Gleba — Alcântara, Alvalade, Avenidas Novas, Campo de Ourique, Cascais, C.C. Alegro Alfragide, Oeiras Parque e Amoreiras Shopping Center — ou no site. A Gleba tem ainda serviço de entregas ao domicílio todos os dias da semana nos concelhos de Lisboa, Cascais, Oeiras, Sintra, Almada, Odivelas, Loures e Amadora.

2. ama_ssar

Folar chocolate ama_ssar
Folar chocolate ama_ssar créditos: instagram

A padaria artesanal ama_ssar, em Alvalade, Lisboa, dedicada à produção de pão de fermentação lenta e natural, levou o conceito para os folares de Páscoa. Falamos no plural porque há dois, um mais tradicional e outro para gulosos.

Vão estar disponíveis apenas esta quinta-feira e sexta-feira, 14 e 15 de abril, em duas versões diferentes. Há o folar tradicional com amêndoa (6€) e o folar chocolate e avelãs (6,50€). Para encomendar, basta enviar mensagem pelo Instagram ou fazê-lo por chamada (962 876 261). O levantamento é feito na padaria situada em Alvalade.

3. Padaria Taleiga

Padaria Taleiga
Padaria Taleiga créditos: instagram

Seguimos para a Padaria Taleiga, em Cascais, que também se dedica à fermentação lenta, habitualmente nos pães. No entanto, para a Páscoa criou folares com a massa que espera longas horas para ir ao forno. Assim que estão dourados, saem duas versões bem quentinhas do calor que dá forma aos bolos da época: o folar com e sem ovo, ambos por 4,50€.

"O nosso Folar pretende ser o mais clássico possível, com um miolo denso e fofo, aromatizado com canela e erva-doce. Fica delicioso ao natural e ainda melhor quando torrado com um pouco de manteiga", descreve a Padaria Taleiga.

Deve encomendar com dois dias de antecedência e só esta sexta-feira, 15 de abril, a padaria vai estar aberta das 8h às 14h.

4. Pão do Beco

Pão do Beco
Pão do Beco créditos: divulgação

No Pão do Beco tudo é feito à "moda antiga", até o modo como se come o folar. Numa das sugestões da padaria, aparece uma fatia com manteiga e não é porque esteja duro, até porque o método de fermentação natural de 36h assim o evita. É sim porque se há boa forma de comer um folar tradicional, é barrá-lo com manteiga.

A encomenda tem de ser feita com 48 horas de antecedência ao dia da entrega ao domicílio, que é feita todas as terças, quintas e sábados. Pode fazer o pedido ao selecionar a opção "encomendar" no site. O folar de 400 gramas custa 5€ e o maior de 800 gramas tem o valor de 9,50€.

5. Rice Me Deli

Folar Rice Me Deli
Folar Rice Me Deli créditos: instagram

Não é de fermentação natural, mas o folar do Rice Me Deli merece estar nesta lista por duas razões: quase se assemelha aos restantes porque tem uma pouca quantidade de fermento, garantiram-nos, e por ser feito sem glúten e sem lactose como, aliás, todos os produtos do Rice Me Deli.

O primeiro folar criado pela marca foi em 2017, e em 2022 a dose é reforçada com um folar bastante tradicional, que surge ao lado de outras ofertas de Páscoa: bunny Cake, cupcakes e pop cakes.

O folar com um quilo custa 29€ e pode encomendar por telefone (914 770 741) ou e-mail (eat@riceme.pt).

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.