Esta terça-feira, 29 de setembro, Cristina Ferreira começou mais um "Dia de Cristina" com um "rebuçado" muito especial. E não, não estamos a falar de doces, mas sim da alcunha fofinha que a apresentadora arranjou para Carlos Afonso, o chef de cozinha que participou hoje no novo formato da diretora de Ficção e Entretenimento.

O chef alentejano foi ao programa cozinhar pratos típicos portugueses, como pato de escabeche, empada de bochecha de porco estufada, muxama de atum e leite creme. Ao mesmo tempo, era alvo de elogios por parte de Cristina Ferreira. E onde é que pode provar todas estas delícias (e atenção que falamos da comida)? N' O Frade, o restaurante de Carlos Afonso, na Calçada da Ajuda, em Belém.

O Frade. O novo restaurante de Belém a que nem o Presidente Marcelo consegue resistir
O Frade. O novo restaurante de Belém a que nem o Presidente Marcelo consegue resistir
Ver artigo

Aberto desde 2019, o espaço que o chef de cozinha gere juntamente com o primo, Sérgio Frade, é uma continuação do restaurante dos avós, que tinha até o mesmo nome, inaugurado em 1966, em Beja. Os primos trouxeram a mood familiar e a tradição da boa comida para Lisboa, bem como os vinhos da talha, e é n' O Frade que pode provar o pato de escabeche (9€) e a muxama de atum (8,50€) que Carlos Afonso cozinhou no programa da TVI, bem como muitas outras opções.

No balcão do restaurante, que conta apenas com 18 lugares, a ementa varia conforme a sazonalidade dos produtos e muitas sugestões criadas pelo chef até no próprio dia. Aquando da abertura d' O Frade, Carlos Afonso falou com a MAGG e explicou que o conceito do espaço não são apenas os petiscos, embora sejam estes que dominam a carta, que é alterada regularmente. “É importante para nós trabalharmos com os melhores produtos, sazonais e regionais”. Mesmo assim, é provável que encontre pratos como os ovos com espargos (8€), galinha acerejada (7,50€), lulas com grão (8€), coelho de coentrada (8,50€) e papada à alentejana (6€), entre outros.

Morada: Calçada da Ajuda, 14, Belém
Telefone: 939 482 939
Horário: 13h-23h. Fecha à segunda-feira

E se visitar este restaurante, não pode perder o arroz de pato (13,50€), feito de uma forma totalmente diferente daquilo a que está habituado. Com arroz malandrino no ponto e bastante húmido, pato desfiado, um intenso (mas nada enjoativo) sabor a laranja e raspas de chouriço, este arroz é uma autêntica experiência. "Todas as casas têm um prato de especialidade, pelas quais são conhecidas. Estamos a começar a pensar se o nosso não será o arroz de pato", explicou o chef de cozinha.

pato
O pato de escabeche, que o chef Carlos Afonso cozinhou no "Dia de Cristina", é um dos pratos mais populares do restaurante O Frade. créditos: Instagram / O Frade

Atualmente dedicado ao seu espaço em Belém, Carlos Afonso nasceu em Beja, e fez um percurso profissional em muitos restaurantes de alta cozinha. "Trabalhei com grandes chefs, que me deram as ferramentas necessárias para aperfeiçoar os pratos tradicionais que aprendi a cozinhar com a minha mãe. Sinto-me realizado ao interpretá-los à minha maneira” diz o chef alentejano, que passou pelo restaurante Ocean, no Algarve, pelo Marmóris, em Vila Viçosa, e que trabalhou de perto com o chef Eneko Atxa, em Espanha.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.