Há cerca de uma semana um grupo de amigos começou a partilhar entre si nomes de fornecedores que entregam produtos em casa, como forma de evitar idas às grandes superfícies ou de ter de esperar três ou mais semanas para encher o frigorífico, uma vez que as lojas online dos supermercados estão sobrelotadas e com prazos de entrega muito demorados.

Melhor do que partilhar as sugestões de fornecedores e serviços entre si, seria levá-las a mais pessoas e foi desta forma que nasceu o projeto Hora de Encomendar: "Num momento em que as grandes superfícies têm tempos de espera elevados, os pequenos fornecedores podem ser a solução para as famílias. E assim resolvem-se dois problemas de uma vez só: os produtores continuam com clientes activos e os clientes recebem as suas encomendas com a rapidez de que precisam, por vezes de um dia para o outro", explica à MAGG Joana Rodrigues dos Santos, fundadora do projecto.

E a quem não dá jeito receber legumes para a sopa ou um salmão fresco para o almoço? Dá jeito e sabe bem. Para isso, só tem de aceder ao site onde tudo acontece. É na plataforma que encontra uma lista de pequenos e médios fornecedores portugueses, que fazem entregas em cidades como Porto, Aveiro, Lisboa e também no Algarve.

6 empresas que lhe levam legumes e fruta fresca à porta de casa (e em segurança)
6 empresas que lhe levam legumes e fruta fresca à porta de casa (e em segurança)
Ver artigo

Ao carregar em "Aceder" vai ter acesso a uma base de dados onde estão todas as cidades, o nome dos fornecedores que fazem entregas ao domicílio, o tipo de produtos, os contactos e redes sociais de cada um — através dos quais pode fazer a encomenda — e ainda algumas notas sobre a forma de pagamento do serviço. Pode receber coisas como frescos, peixe, pão, queijos, medicamentos e até flores.

Sem esquecer ainda que podem ser entregues refeições prontas em casa, como é o caso do Rice Me ou da Capriciosa, em Lisboa, do Temako, no Porto, ou do restaurante EntreÁguas, no Algarve. No total há mais de 300 fornecedores activos na plataforma.

Além deixar de se dirigir ao supermercado, pode desta forma ajudar os fornecedores a continuar o negócio e também evitar que os mesmos tenham de desperdiçar bens que não conseguiram escoar.

A plataforma tem mais de 50 colaboradores que todos os dias atualizam a lista, mas qualquer utilizador do site pode sugerir que se adicionem à lista outros pequenos fornecedores que façam entregas em casa, bastando para isso preencher um formulário em "Subímetro" com todas as informações.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.